sábado, 13 de dezembro de 2014

Dois Cavalos
















Na estrada de minha
casa há um pasto.
Dois cavalos vivem lá.
De longe,
parecem cavalos como
os outros cavalos, mas ,
quando se olha bem,
percebe-se que,
um deles é cego.

Contudo,
o dono não se desfez
dele e arrumou-lhe um amigo:
Um cavalo mais jovem.
Isso já é de se admirar.

Se você ficar observando,
ouvirá um sino.
Procurando de onde
vem o som,
você verá que há um
pequeno sino no pescoço
do cavalo mais jovem.

Assim,
o cavalo cego sabe
onde está seu
companheiro e vai
até ele.
Ambos passam os dias
comendo e no final do
dia o cavalo cego segue
o companheiro até
o estábulo.

E você percebe que o
cavalo com o sino
está sempre olhando se o
outro o acompanha,
e as vezes,
para pra que o outro
possa alcançá-lo.
E o cavalo cego guia-se
pelo som do sino,
confiante que o outro o está
levando para
o caminho certo.

Como o dono
desses dois cavalos,
Deus não se desfaz de nós
só porque não somos perfeitos,
ou porque temos
problemas ou desafios.

Ele cuida de nós e faz
com que outras pessoas
venham em nosso auxílio
quando precisamos.

Algumas vezes somos
o cavalo cego guiado pelo
som do sino daqueles
que Deus coloca em
nossas vidas.

Outras vezes,
somos o cavalo que guia,
ajudando outros a
encontrar seu caminho.

E assim são os bons amigos.
Você não precisa vê-los,
mas eles estão lá.

AUTORIA: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
enviado aos amigos do
"Grupo mensagem de Domingo"
no dia 14 de Dezembro de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 6 de dezembro de 2014

O que sempre será




















Há um momento sublime
em que o ser humano se
transforma,
onde ele sai da casca
com toda sua plenitude,
e se torna capaz de fazer
coisas que nem imaginava.

É quando o fraco fica forte,
o medo da lugar a coragem
a incerteza vira realidade,
a tristeza, felicidade.

Onde não se precisa
de nenhum favor,
é quando o homem
descobre o AMOR.

O Amor é essa FORÇA
transformadora capaz de
mudar uma vida.
E com essa transformação,
realizar mudanças em
outras vidas.

O Amor tem essa estranha
magia de se distribuir
sem medidas.
De não pensar em
mesquinharias,
de se fazer maior ao
se dividir.

A regra é essa:
distribuir amor sem fazer
nenhuma contagem.
Na certeza de que quanto
mais o doamos,
mais recebemos.

Se precisa de uma força
para mudar alguma coisa,
não espere nenhum milagre,
nem precisa orar com fervor,
busque antes de mais nada,
conhecer e viver o amor.

Essa estranha forma
de querer mais e mais para
quem amamos,
e que nos
reveste de tanta força,
que crescemos,
nos dá tanta coragem,
que avançamos,
nos empurra com nova energia
que não desanimamos.

E se tudo faltar,
ainda assim,
o amor nos fortalecerá.
E com amor,
nada é fardo pesado,
tudo é e tudo será,
como você sempre quis,
simples e feliz.

AUTORIA: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 07 de Dezembro de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 29 de novembro de 2014

Seguindo a massa e sendo infeliz...



















Vivemos o tempo
das coisas passageiras.

Das emoções fúteis e rápidas.
Dos mil beijos de bocas diferentes.
Do sexo pão com manteiga,
rápido e as vezes indigesto.

Queremos muito
alguma coisa agora,
para daqui a meia-hora
desprezarmos.
O celular da moda de
hoje é o tijolo de amanhã.
A roupa
mais chique será o "mico"
dos guarda-roupas logo,
logo.

Começamos o dia com
a certeza de que os problemas
serão maiores que a nossa
capacidade de vencê-los.
Teremos tantas insatisfações,
tantos desejos negativos que
acabaremos o dia exaustos.
E com uma certeza maior ainda:
não valeu a pena.

E por que a
vida não vale a pena?
Por que o dia não valeu
a pena?
Porque nossos sentimentos
estão focados no mundo,
e o mundo ensina consumir,
ter, possuir.

Para ser da turma tem
que ter o tênis tal,
a calça tal,
tem que beber e beber muito,
tem que fumar isso,
usar aquilo.
E lá vai a massa
seguindo os perdidos.

E enchemos os consultórios
dos psiquiatras
com nossas insatisfações,
e lotamos as farmácias com
nossas receitas de tarja preta.

Estamos nos fechando
em problemas que nós
mesmos criamos e fazendo
deles um tormento.
Parecemos adolescentes
onde tudo é enorme,
tudo é maior que a gente.

Acorde para a beleza
da vida que passa.
Para o tempo que te pertence.
Não se perca em desejos
tolos e inúteis.

Fortaleça as relações reais,
as que trazem ombro,
cheiro, abraços e vida.

Não deixe o tempo escorrer
pelos dedos atrás de
sonhos fúteis.

Tem muita coisa que
não custa nada no mundo
e capaz de te fazer feliz.

Descubra-se capaz de ser
a pessoa mais feliz,
sendo quem você é de verdade.

Ame-se profundamente
e exija da vida o seu
maior direito,
em qualquer idade,
a sua FELICIDADE.

Acredite em você

AUTORIA: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 30 de Novembro de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

CADA UM TEM SEU DESERTO POR ATRAVESSAR



















O deserto constitui um
lugar de passagem.
Uma travessia que,
aparentemente,
parte do nada e o leva
a lugar nenhum.

Duro de atravessar,
assemelhando-se a um calvário,
por ser doloroso e sofrido,
retratado nas rugas que
sulcam o rosto,
a transparecer caminhos sem fim,
dos que enfrentam o deserto.

Como se não bastasse
o calor tórrido de
dia que nos põe em contato
com o inferno,
para, de noite,
enregelar com o intuito
de nos ensinar a lidar com
os altos e baixos de uma
cruzada sem fim,
que, na verdade,
é a vida.

O que nos remete ao medo
de afundar na areia e
ali sermos sepultados em
meio a escorpiões que nos
picam para alertar que
não podemos confiar
em ninguém.

Em suma, no deserto,
você está rigorosamente
sozinho à mercê da aridez do
clima e de
condições inóspitas que,
aparentemente,
tornam difícil a sobrevivência.

Induzido pela areia que
lembra um mundo em dissolução
- se o que era sólido,
virou pó.

Sozinho,
não fora as miragens
que rodam o filme da
água em cascata,
potável e fresca,
em plena imensidão
desértica sob ventos
abrasadores,
nas quais acreditamos
logo que as vemos.
Até que se rompa a ilusão
trazida pela sede,
desvanecendo-se no horizonte.
Então,
em quem podemos confiar
nessas circunstâncias?

Circunstâncias que não
são muito diferentes de
outras com que nos
defrontamos.

O deserto sempre nos conduz
para os nossos desertos
interiores,
onde reina o silêncio,
por vezes mal
compreendido por nós.
Igualmente árduo e penoso
atravessar esses desertos.

Por só conseguirmos
travar contato com a
materialidade do mundo,
restritos a nós mesmos
e às nossas memórias,
quando procuramos
vencê-los.

Encaramos as manifestações
espirituais ao longo do
percurso como pura miragem
- obra do fortuito destino
ou mera coincidência.
Não atinamos para os sinais que
delas advêm como suporte
para demonstrar que
não estamos sozinhos nesse
mundo de Deus e à mercê
de nossa própria sorte.

Por isso,
cada pessoa tem
o seu próprio deserto
por atravessar.
Onde será necessário
distinguir dentre mais e
mais miragens,
separando os véus que
deixam nossa visão embaçada,
quem avança em nossa direção,
se merece confiança ou
não para consumar alianças,
estabelecer crédito e adquirir
sabedoria em cada trecho,
por menos importante que seja,
aparentemente.

AUTORIA: Jean Yves lelopup
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 23 de Novembro de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 15 de novembro de 2014

Palavras e Silêncio

























Há algumas coisas
que são lindas demais para
serem descritas por palavras.
É necessário admirá-las
em silêncio para apreciá-las
em toda a sua plenitude.

As grandes falas servem,
freqüentemente,
para confundir ou doutrinar.

As vezes,
o silêncio é mais
esclarecedor que um fluxo
de palavras.
Olhe para uma mãe diante
do seu filho no berço.
Ele consegue muito bem tudo
o que quer sem
dizer nenhuma palavra.

Na realidade,
as palavras devem ser a
embalagem dos pensamentos.
Não adianta fazer longos
discursos para expressar os
sentimentos de seu coração.
Um olhar diz muito mais que
um jorro de palavras.

Creio que,
em sua grande sabedoria,
a natureza nos deu apenas
uma língua e dois ouvidos
para escutarmos mais e
falarmos menos.

Se as palavras não são
mais bonitas do que o silêncio,
então é preferível não
dizer nada.
Quanto mais o coração é
grande e generoso menos
úteis são as palavras.

É necessário lembrar do
provérbio dos filósofos:
as verdadeiras palavras
não são sempre bonitas e as
palavras bonitas nem
sempre são verdades.

As grandes mentes
fazem com que,
em poucas palavras,
muitas coisas sejam ouvidas.
As mentes pequenas
acham que têm,
pelo contrário,
a concessão para falar
e não dizer nada.

Poucas palavras são
necessárias para expressar
“eu gosto de você.”
Portanto,
todas as outras que
poderiam ser ditas são
supérfluas...

...e não são palavras curtas
e fáceis de serem ditas.
São aquelas que causam as
 maiores conseqüências.

São necessários apenas
dois anos para que o ser
humano aprenda a falar e
toda uma vida para que ele
aprenda a ficar em
silêncio.

Ser comedido
com as palavras é uma
prova de profunda
sabedoria.

Saber ouvir também.

AUTORIA: Florian Bernard
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 16 de Novembro de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Vaidade, inimiga da Humildade



















Antes de fazer qualquer
pedido para o Universo,
ou para os santos de sua devoção,
Deus, Krishna, Buda,
ou qualquer nome que
sua fé se incline,
peça para matar a sua
VAIDADE.

"Atentei para todas
as obras que se fazem
debaixo do sol,
e eis que tudo era vaidade
e aflição de espírito."
- Eclesiastes 1:14 -

Nada traz mais sofrimento
que a vaidade.
Porque ela coloca em
nós a falsa certeza de
que somos melhores,
ou maiores que essa ou
aquela pessoa,
esse ou aquele grupo.
E quando a realidade chega,
e somos ignorados,
nos colocamos no papel
de vítima,
e muitos não resistem
e caem.

Vaidade é olhar o mundo
com olhos superiores.
Acreditar que o que se
acredita é a verdade.
A Vaidade é inimiga
declarada da Humildade.

Por isso,
quando tiver absoluta
certeza de que está certo(a),
questione-se mais uma vez,
tenha coragem de perguntar,
de pedir opiniões de pessoas
que tenham uma bagagem.
Assim fazia Jesus,
ao subir o monte para orar.
Assim fazia Buda,
que os vinte e nove anos,
resolveu deixar sua família e
seu palácio para buscar
a solução para o que lhe afligia:
o sofrimento humano.

Faça assim também:
mate a vaidade,
abuse da humildade,
afaste o sofrimento da
sua vida buscando
a simplicidade de ser
exatamente que você é.

A Felicidade está em
reconhecer nossas dificuldades,
aprender com quem sabe
e ensinar o pouco que
já aprendemos.
O resto é vaidade,
e tem sempre pouca
utilidade.

AUTORIA: Paulo Roberto Gaefke
ARTE NA FIGURA: Nena Silva
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 09 de Novembro de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 1 de novembro de 2014

Luto




















Ninguém parte na véspera.
Todos nós temos
o momento
certo para seguir
mais adiante.

Sei que às vezes,
a morte não parece justa,
contudo,
neste mundo que vivemos,
de caminhos intrincados,
tudo acaba seguindo
para um único
e determinado ponto.

Com certeza não
saberemos o por que,
é o momento de chorar,
de sentir saudade,
 de lembrar o que foi dito
 e o que não foi dito,
contudo,
não podemos esquecer
de continuar,
 pois,
como aqueles que partiram,
um dia chegará a nossa
vez de embarcar.

Também deixaremos
muitas pessoas com saudade,
pois como
todos seres humanos,
somos importantes uns
para os outros,
no entanto,
às vezes,
infelizmente esquecemos
de dar o valor
devido aos fatos que
nos envolve,
até o momento de partir,
onde o regresso é apenas
uma lacuna possibilidade,
por fim...

O luto de perder alguém
é mais uma saudade,
um momento de estar
mais próximo,
de falar o que se deve
 ou calar o que não
deve dizer.

AUTORIA: Procura-se
Fineza nos informar através do e-mail:
mensagem@toninholima.com.br
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 02 de Novembro de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 25 de outubro de 2014

Comece o dia




















Comece o dia com um
bom pensamento.
É mais fácil do que fazer
uma grande mudança;
é mais simples que tentar
mudar o mundo.

Funciona mais que uma
reza repetida sem ardor.
É como um empurrão
em nós mesmos,
rumo aos nossos sonhos.
Um gesto de
verdadeiro amor.

Comece o dia com alegria,
ainda que a noite
tenha sido sombria.
Ainda que muitos não
acreditem em você,
é preciso que você acredite,
que se esforce.

Ficar de pé
com os olhos voltados
para a frente,
ainda que esteja com
a visão embaçada pelas
 lágrimas.
Ainda que tenha
fingir que não sente essa
dor tão presente.

Comece o dia
lembrando-se de que
muitos não vão acordar.
Outros,
de tão doentes nem
vão se levantar.

Faça um esforço para
a Vida te recompensar.
Pense no bem que você
pode fazer.
Pense no amor que pode
compartilhar.
Fuja do mal.
Fuja das fofocas,
das redes de intrigas.
Das redes vazias.

Comece o dia,
com a certeza de que tudo
é possível,
tudo muda, tudo passa.

Refugie-se na luz.
E se te faltarem forças,
ampare-se nos braços
de Jesus.

Autor: Paulo Roberto Gaefke
* * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 26 de Outubro de 2.014.
* * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 18 de outubro de 2014

A inutilidade e o amor



















Ter que ser útil 
pra alguém é uma coisa 
muito cansativa.

É interessante você saber 
fazer as coisas, 
mas acredito que a utilidade 
é um território muito 
perigoso porque, 
muitas vezes, 
a gente acha que o outro 
gosta da gente, 
mas não. 
Ele está interessado 
naquilo que a gente 
faz por ele.

E é por isso que 
a velhice é esse tempo 
em que passa a utilidade 
e aí fica só o seu 
significado como pessoa.
Eu acho que é um momento 
que a gente purifica, 
né?

É o momento em que 
a gente vai ter 
a oportunidade de saber 
quem nos ama de 
verdade.

Porque só nos ama, 
só vai ficar até o fim, 
aquele que, 
depois da nossa utilidade,
 descobrir o nosso significado.

Por isso eu sempre peço 
a Deus para poder envelhecer 
ao lado das pessoas que 
me amem. 
Aquelas pessoas 
que possam me proporcionar 
a tranqüilidade de ser inútil, 
mas ao mesmo tempo, 
sem perder o valor.

Quero ter ao meu lado 
alguém que saiba acolher 
a minha inutilidade. 
Alguém que olhe pra mim assim, 
que possa saber que eu 
não servirei pra muita coisa, 
mas que continuarei 
tendo meu valor.

Porque a vida é assim, 
fique esperto, 
viu?

Se você quiser saber 
se o outro te ama de verdade 
é só identificar se ele seria 
capaz de tolerar a sua 
inutilidade.

Quer saber se você 
ama alguém?

Pergunte a si mesmo: 
quem nessa vida já pode
 ficar inútil pra você sem 
que você sinta o desejo 
de jogá-lo fora?

É assim que descobrimos 
o significado do amor.

Só o amor nos dá condições 
de cuidar do outro 
até o fim.

Por isso eu digo: 
feliz aquele que tem ao 
final da vida, 
a graça de ser olhado 
nos olhos e ouvir do outro: 
"você não serve pra nada,
 mas eu não sei viver 
sem você".

AUTORIA: Padre Fábio de Mello
 * * * *
Texto enviado aos amigos do 
"Grupo Mensagem de Domingo" 
no dia 19 de Outubro de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links 
de propagandas 
deste blog você ajuda a 
Campanha Natal Solidário 
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 11 de outubro de 2014

AS CRIANÇAS DE HOJE E O FUTURO QUE LHES ESPERA



















As crianças de hoje
estão vivendo
num mundo completamente
diferente daquele
vivido pelos seus pais.
Elas "amadurecem"
muito mais depressa,
pois são estimuladas
constantemente pela televisão,
vídeo game, brinquedos,
revistas e etc..
Ao lado disso estamos
vivendo um clima de violência
e agressividade por
todos os lados.
Basta lermos os jornais
do dia para concluirmos
que o homem destrói
e agride seu semelhante
a cada minuto e,
na maioria das vezes,
por motivos ridículos.

E como serão nossos
filhos e netos criados
em um mundo tão confuso,
repleto de agressividade
e desamor?
Qual a influência da televisão,
do cinema, das revistas,
dos companheiros,
do ambiente,
em suas vidas?
Esses temas têm sido
exaustivamente estudados
por psicólogos,
educadores, médicos,
enfim,
toda uma gama
de pessoas interessadas
no futuro das gerações.

Hoje há um sentido
de liberdade e para o jovem
tudo é normal.
Daí ser primordial
a vigilância amiga e
compreensiva dos pais
dando-lhe apoio e uma
liberdade vigiada.

A humanidade vive
o seu dia-a-dia tendo
a agressividade como
pano de fundo.
Os grandes valores
espirituais como a ética
na política e na vida
profissional, a bondade,
o afeto, a atenção,
a gratidão,
a vida familiar,
estão desaparecendo da terra.
Todos sofrem com isso,
principalmente as
crianças dos dias atuais.

A violência de pais e
padrastos sobre filhos
menores assumem
proporções alarmantes,
principalmente nas classes
mais pobres.

O ambiente de felicidade
que vive uma criança,
quer seja numa choupana
ou num palácio,
recebendo amor dos pais,
alegrias, sorrisos,
é imprescindível
para que ele seja um
adulto feliz.

Educar nos dias atuais
é uma tarefa difícil.
Disciplinar os filhos é
obrigação dos pais,
contanto que o façam certo.
É necessário reconhecermos
os direitos e os deveres
da criança para vermos até
onde estamos certos ou
errados.

Não sabemos qual
o caminho que o Brasil
vai seguir.
Diante de tanta confusão,
de tantas incertezas,
sabemos apenas que
somos peregrinos que
caminham por estradas
sinuosas.

Vejam,
42% de nossa população
é constituída de crianças
abaixo de 10 anos.
É o futuro do Brasil que
precisa ser cultivado,
bem conduzido,
para que sejamos no futuro
uma grande Nação.
É necessário que os pais,
os mestres,
os nossos governantes,
cada qual desempenhando
bem o seu papel,
possa oferecer a este
"tesouro" que é a criança,
o melhor para o seu futuro.

Como dizia
Elizabeth Lesseur:
"Na vida somos culpados
não só do mal que fizemos,
mas do
bem que deixamos
de fazer".

AUTORIA: Dr. Milton Hênio
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 12 de Outubro de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 4 de outubro de 2014

Vaidade, inimiga da humildade
















Antes de fazer qualquer 
pedido para o Universo, 
ou para os santos de 
sua devoção,
 Deus, Krishna, Buda,
ou qualquer nome que 
sua fé se incline, 
peça para matar a sua 
VAIDADE.

"Atentei para todas 
as obras que se fazem 
debaixo do sol, 
e eis que tudo era  vaidade 
e aflição de espírito." 
- Eclesiastes 1:14 -

Nada traz mais 
sofrimento que 
a vaidade.
Porque ela coloca em 
nós a falsa certeza de 
que somos melhores,
ou maiores que essa 
ou aquela pessoa, 
esse ou aquele grupo.
E quando a realidade chega, 
e somos ignorados,
nos colocamos no 
papel de vítima, 
e muitos não resistem 
e caem.

Vaidade é olhar o mundo 
com olhos superiores.
Acreditar que o que se 
acredita é a verdade.
A Vaidade é inimiga 
declarada da Humildade.

Por isso, 
quando tiver absoluta 
certeza de que está certo(a),
questione-se mais uma vez, 
tenha coragem de perguntar,
de pedir opiniões de pessoas 
que tenham uma bagagem.

Assim fazia Jesus, 
ao subir o monte para orar.
Assim fazia Buda, que  
os vinte e nove anos, 
resolveu deixar sua 
família e seu palácio 
para buscar a solução para 
o que lhe afligia: 
o sofrimento humano.

Faça assim também: 
mate a vaidade, 
abuse da humildade, 
afaste o sofrimento da 
sua vida buscando a 
simplicidade de ser 
exatamente que você é.

A Felicidade está em 
reconhecer nossas 
dificuldades, 
aprender com quem sabe 
e ensinar o pouco que 
já aprendemos.
O resto é vaidade, 
e tem sempre pouca 
utilidade.

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto enviado aos amigos do 
"Grupo Mensagem de Domingo" 
no dia 05 de Outubro de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links 
de propagandas 
deste blog você ajuda a 
Campanha Natal Solidário 
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 27 de setembro de 2014

Vidas certinhas




















Um dia,
não me lembro bem quando,
resolvi que iria levar
uma vida certinha,
para que a felicidade,
por fim,
viesse ter na minha casa.

Resolvi que não iria
mais contar meias verdades,
nem aceitar meias mentiras,
e falar a verdade,
doesse a quem doesse,
assim,
lavaria minhas mãos de
qualquer engano,
estaria livre das maldades
das pessoas.

Mas,
descobri no dia a dia,
que quanto mais objetivo
eu tentava ser,
mais distante ficava
das pessoas,
magoei muita gente,
perdi amigos.

Descobri que a verdade
pura e simples,
pode ferir mais que uma
faca afiada,
pode doer mais que
uma bofetada.

Descobri que o ser
humano precisa de um
pouco de ilusão,
encobrir certas verdades com
uma camada de sonho,
acreditar no que acredita
para seguir adiante,
e, principalmente,
aprendi que,
não existem regras para
todas às questões
mas questões e dúvidas
para todas às regras.

Ser sincero,
não significa ferir,
e omitir,
nem sempre significa
mentir.

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 28 de Setembro de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Espelho desfocado























"Quanto mais nos afastamos
de nós mesmos,
vivendo a superficialidade
do mundo,
mais nos desligamos
de Deus."

E nos vemos atolados em
uma lama invisível
aos olhos,
mas tão forte que impede
os nossos passos.
Uma prisão,
onde até nossa imagem
no espelho é desfocada.
O caminho que aparenta "tudo"
e nos leva ao "nada."

O mundo está cheio de
inutilidades
vendidas em lindas embalagens
para quem está vazio.
Assim,
animados pelo espírito
da indecisão,
o que desejamos pela
manhã já é diferente do que
queremos a noite.
Fruto do desencontro da
alma com o coração.

Armários repletos de roupas
que nem usamos,
sapatos que nem calçamos,
perfumes amontoados
na prateleira,
sonhos desfeitos,
remédios tarja preta,
e um sentimento de que
nada nos preenche.

Alma querida e aflita,
a resposta é tão simples;
como simples é a
complexa Vida:
preencha-se!

Busque o que não perece,
o que não morre na moda.
Leia bons livros,
ouça boas músicas,
vá ao museu,
ao teatro, ao circo.
Saia da rodinha de futilidades
e de gente fútil.
Encontre-se na
filosofia dos pensadores.
Converse com as pessoas
e ouça-as.
Tenha tempo para você,
para a vida fazer sentido
em você.

Antes que a lua venha se
 por diante do sol da
sua existência,
e você,
 imerso na depressão,
deixe-se morrer lentamente...
Ainda que viva mais
duzentos anos.

Preencha-se e encontre
Deus em cada canto
da sua alma.
E é claro,
mil motivos para sorrir,
lutar e amar.
Isto é viver a plenitude
da vida.
E você tem essa opção,
é só escolher,
porque a vida já te
escolheu.

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto enviado aos amigos do grupo
"Mensagem de Domingo"
no dia 21 de Setembro de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

domingo, 14 de setembro de 2014

Solidão





















Solidão não é a falta de
gente para conversar,
namorar,
passear ou fazer sexo...
isto é carência.

Solidão não é o sentimento
que experimentamos
pela ausência de entes
queridos que não podem
mais voltar...
isto é saudade.

Solidão não é o retiro
voluntário que a gente se
impõe às vezes,
para realinhar os pensamentos...
isto é equilíbrio.

Tampouco é a pausa
involuntária que o destino
nos impõe compulsoriamente,
para que revejamos a
nossa vida...
isto é um princípio da
natureza.

Solidão não é o vazio
de gente ao nosso lado...
isto é circunstância.

Solidão é muito mais
que isto...

Solidão é quando
nos perdemos de nós mesmos
e procuramos em vão,
pela nossa Alma!

TEXTO DE: Fátima Irene Pinto
(Página 79 do Livro Palavras Para Entorpecer o Coração)
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 14 de Setembro de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

A Nova Parábola do Jovem Rico


















Jesus está sempre
passando pela Terra e
recentemente,
deparou-se com um jovem
muito bem sucedido que
lhe perguntou:
- Bom Mestre,
que farei para herdar a
vida eterna?

Respondeu-lhe Jesus:
Por que me chamas bom?
Ninguém é bom,
senão um, que é Deus.
Sabes os mandamentos:
Não adulterarás, não matarás,
não furtarás,
não dirás falso testemunho,
honra a teu pai e a tua mãe.

Replicou ele:
Tudo isso tenho observado
desde a minha juventude.

Ouvindo-o Jesus,
disse-lhe:
Uma coisa ainda te falta:
vende tudo o que tens,
dá-o aos pobres e terás um
tesouro nos céus;
depois, vem
e segue-me.

Nisso o jovem respondeu:
- Que é isso Mestre?
Tem um monte de representante
seu aqui na Terra que
pede apenas 10% de
tudo o que eu ganho e
vez ou outra,
um pagamento de um
"carnezinho"
ou depósito em conta
corrente em seu nome,
apesar de aparecer o nome
deles no depósito.

E tem mais,
com essa participação nos
meus lucros,
eles me garantem através
do pedaço da cueca sagrada
do apóstolo tal e da unção
generosa do
"Pastor João",
que eu já estou na
Graça.

Desculpa ai Mestre,
mas eu ainda prefiro os seus
representantes.
Fui ...

E assim,
segue a humanidade,
buscando quem dá mais
milagres por menos.

A grande lição de Jesus está
sendo esquecida:
a sua doutrina que prega amor,
simplicidade,
fraternidade,
perdão e a caridade.

Multidões se apertam
em lugares pelo mundo que
exploram a miséria,
a dor e a falta de juízo de
muitos que ouvem falar
em milagres aqui e ali e
saem em busca desses
"arautos da fé furada"
que conduzem ao nada,
a desilusão e ao descrédito
que levam o ser humano a
duvidar de qualquer coisa
"divina".
Divino é o amor,
o perdão e a tolerância.

Precisamos parar com
os discursos inúteis e fazer
realmente alguma coisa
por nós mesmos,
e assim,
através do exemplo
claro e inequívoco da nossa
vitória pessoal,
levar o próximo a
mesma vitória.

Enquanto isso,
Jesus segue recordando:
- Porque me chamas de bom?

Só Deus é
verdadeiramente bom,
e ninguém mais.

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
ARTE NA FIGURA: Nena Silva 

Texto enviado aos amigos do 
"Grupo Mensagem de Domingo" 
no dia 07 de Setembro de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links 
de propagandas 
deste blog você ajuda a 
Campanha Natal Solidário 
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 30 de agosto de 2014

V i d a

Certa vez, 
alguém afirmou que 
a vida é um conto de 
fada escrito pela mão 
de Deus.

Seria muito bom 
se todos 
pensassem exatamente 
dessa maneira, 
mas, 
ao observar o que 
acontece ao nosso redor, 
podemos concluir que ela 
é também como uma cebola, 
que para ser descascada 
se faz necessário derramar 
algumas lágrimas.

A vida é tudo aquilo 
que acontece no dia-a-dia 
enquanto planejamos e, 
nem sempre, 
as situações transcorrem 
da forma como 
foi planejada por nós, 
o que nos leva a valorizar, 
cada vez mais, 
tudo o que já conquistamos 
com a graça de Deus, 
e que se encontra em 
nossas mãos.

A vida é 
cheia de mistérios, 
e, algumas vezes, 
somos flagrados tentando 
desvendá-los.

Alguém pode até achar 
que ela é tão 
cheia de mistérios, 
de sofrimento,
 podendo trazer tantos 
males que a morte não 
seria o mal maior.

O que seria a morte, 
senão outro mistério 
da vida?

Prefiro acreditar 
na vida como um livro 
que não precisa de outro 
autor que não seja 
o Criador.

Ele a planejou tão bem, 
que ela pode ser 
considerada como um 
romance que 
se escreve sozinho.

Nele, 
cada um de nós 
somos os protagonistas que, 
algumas vezes, 
a interpretam de forma 
diferente daquela que 
foi escrita.

Portanto... 
Viva e deixe sua vida 
ser escrita da forma como 
Deus desejou, 
mas procure caminhar 
sempre ao lado da verdade 
e das coisas boas que 
ele planejou.

Pense nisso!

TEXTO DE: Jesus Prado Amador
* * * * *
Texto enviado aos amigos do 
"Grupo Mensagem de Domingo" 
no dia 31 de Agosto de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links 
de propagandas 
deste blog você ajuda a 
Campanha Natal Solidário 
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 23 de agosto de 2014
















A PONTE

Toda corrente de água
desliza entre duas margens.
Margens que detêm
e ordenam.
Que impedem de invadir
os campos.
Que lhe traçam um
caminho.

Duas margens
que permitem essa
água formar um todo
e realizar sua tarefa:
regar as planícies através
das quais desliza.

E as margens ficam
distantes uma da outra...
Elas, porém,
podem unir-se.
Aproximar-se.
Fundir-se quase,
quando sobre as águas se
estende uma ponte.

Olhando a ponte sente-se
a tarefa imensa e ao mesmo
tempo agradável,
executada pela ponte.

Como um abraço
amigo aproxima duas
separações.

Como um diálogo silencioso
faz conversarem duas
solidões.

Como a mão estendida
fraterniza dois
estranhos.

Se a ponte
pudesse sentir,
poderíamos,
sem medo,
qualificá-la de feliz.

Feliz por ser capaz
de tornar o outro
feliz.
E nunca se colhe maior
felicidade do que quando
se semeia felicidade.

A ponte tem,
para cada um de nós,
um profundo e significativo
simbolismo.
É a lição perene,
silenciosa e rica,
no dia-a-dia de sua missão
de ligar e aproximar.
De cortar distâncias.
De separar abismos.
Diante de uma ponte
nos ocorre
reflexões que alguém
escreveu:

"Em êxtase contemplativo
olho a ponte,
admiro a ponte,
escuto a linguagem da ponte:
... Sou forte, terrivelmente forte.
Resisto a todos e permaneço
sempre estática, mas
perseverante em meu
posto de serviço.
O segredo de minha força ???
De minha perseverança ???
De minha grandeza ???

Nasci para unir.
Vivo para unir.
Sirvo para unir !!! "

Como gostaria de ser
ponte também !!!
Para unir a terra aos céus !
Unir os desunidos.
Unir os desencontrados.
Unir os corações.

Seja como a ponte ,
ajude a unir!
Seja a união em pessoa!
Unir os corações hoje em
dia é fundamental para
que reine o Amor!

AUTORIA: Hugo Di Baggio
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 24 de Agosto de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 16 de agosto de 2014

O ESPETÁCULO DA VIDA
















Que você seja um 
grande empreendedor. 
Quando empreender, 
não tenha medo de falhar. 
Quando falhar, 
não tenha receio de chorar. 
Quando chorar, 
repense a sua vida, 
mas não recue. 
Dê sempre uma nova chance 
para si mesmo.

Encontre um oásis 
em seu deserto. 
Os perdedores vêem os raios. 
Os vencedores vêem 
a chuva e a oportunidade 
de cultivar. 
Os perdedores paralisam-se 
diante das perdas e dos fracassos. 
Os vencedores começam 
tudo de novo.

Saiba que o maior 
carrasco do ser humano 
é ele mesmo. 
Não seja escravo dos seus 
pensamentos negativos. 
Liberte-se da 
pior prisão do mundo: 
o cárcere da emoção. 
O destino 
raramente é inevitável, 
mas sim uma escolha. 
Escolha ser um 
ser humano consciente, 
livre e inteligente.

Sua vida é mais importante 
do que todo o ouro do mundo. 
Mais bela que as estrelas: 
obra-prima do Autor da vida. 
Apesar dos seus defeitos, 
você não é um 
número na multidão. 
Ninguém é igual a você 
no palco da vida. 
Você é um ser humano 
insubstituível.

Jamais desista das 
pessoas que ama. 
Jamais desista de ser feliz. 
Lute sempre pelos seus sonhos. 
Seja profundamente 
apaixonado pela vida. 
Pois a vida é um espetáculo 
imperdível.

TEXTO DE: Augusto Cury
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 17 de Agosto de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links 
de propagandas 
deste blog você ajuda a 
Campanha Natal Solidário 
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 9 de agosto de 2014

Deus É Pai

Quando o sol ainda 
não havia cessado 
seu brilho.
Quando a tarde engolia 
aos poucos
as cores do dia e despejava 
sobre a terra,
os primeiros retalhos 
de sombra.
Eu vi que Deus veio 
assentar-se 
perto do fogão de 
lenha da minha casa.

Chegou sem alarde, 
retirou o chapéu 
da cabeça e buscou um 
copo de água no 
pote de barro
que ficava num lugar 
de sombra constante.

Ele tinha feições 
de homem feliz, 
realizado. 
Parecia imerso na alegria 
que é própria
de quem cumpriu a sina 
do dia e que agora
recolhe a alegria cotidiana 
que lhe cabe.

Eu o olhava e pensava: 
Como é bom ter Deus 
dentro de casa!
Como é bom viver 
essa hora da vida
em que tenho direito de 
ter um Deus só pra mim.

Cair nos seus braços, 
bagunçar-lhe os cabelos,
puxar a caneta 
do seu bolso e 
pedir que ele desenhasse 
um relógio
bem bonito no meu braço.

Mas aquele homem 
não era Deus.
Aquele homem era 
meu pai.

E foi assim que 
eu descobri que meu pai 
com o seu jeito finito 
de ser Deus
revela-me Deus 
com seu jeito infinito 
de ser homem.

Feliz Dia dos Pais!

TEXTO DE: Pe. Fábio de Melo
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 10 de Agosto de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links 
de propagandas 
deste blog você ajuda a 
Campanha Natal Solidário 
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 2 de agosto de 2014

GALOPANDO A VIDA

Quando estiver em dúvida
dá o próximo passo.

A vida é muito
curta para perdermos
tempo odiando alguém.

Não temos que vencer todos
os argumentos:
Concorda para discordar.

Duas coisas indicam fraqueza:
O calar-se quando é preciso falar,
e o falar quando é preciso calar-se.

Exige muito da gente e espera
pouco dos outros.

Muito sabe quem conhece
a própria ignorância.
O que não te mata o torna mais forte.
Inveja é perda de tempo.
Já tem tudo o que precisas.

Envelhecer é melhor do
que morrer jovem.
Aceita por completo a sua
presença na Terra e escolhe,
a cada momento,
a beleza, a bondade,
a verdade e a vida,
lembrando sempre de que,
tudo isto e Deus,
é a mesma coisa.

Não te arme em vítima
e não te comporte como
um salvador.
Faça paz com o seu passado,
para que ele não estrague
o seu presente.

O que os outros
pensam de você não
é da sua conta.

O homem de bem
exige tudo de si próprio;
o homem medíocre espera
tudo dos outros.

Mude definitivamente
de parte do hábito
de querer mudar
os outros.

Mantém a cabeça sempre fria,
o coração sempre quente
e a mão sempre larga.

Comporte como um “curandeiro”
que traz alegria e luz,
em vez de críticas ou indiferença.

Se deixe guiar pela intuição
pessoal em vez de agir sob a
pressão do medo.

A passagem do tempo
deve ser uma conquista e
não uma perda.

Quem não pode o que quer,
que queira o que pode.
É melhor morrer de pé do
que viver de joelhos.

Viver é a única coisa
que não dá para deixar
para depois.

TEXTO DE: Chico Xavier
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 03 de Agosto de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 26 de julho de 2014

ELEVAÇÃO

Você não é uma água-viva.
Você não é uma coisa trêmula.
É para você enfrentar o mundo, 
não fracassar.

Não é para ser surrada 
pelos ventos do mundo.

Não é para ser derrubada 
por todas as ondas. 
Não é uma vítima da vida 
e nem é para estar sempre 
a procura de vitória, 
como se a vida fosse 
uma competição.

O prêmio já foi ganho. 
O prêmio é vitalício.

Porém, 
o prêmio não vem já 
embalado para você. 
É como um kit que você 
tem que montar.

Não estão faltando peças, 
mas você tem que 
encontrar o lugar delas.

Você não é uma água-viva, 
nem é um mastro de navio 
que nunca oscila.

A vida é viável.

Você não está 
entrincheirado nela. 
Talvez você seja um pouco 
como uma bóia. 
Você flutua pra cima 
e pra baixo 
tão longe quando 
consegue chegar e ainda 
assim está ancorado.

Você não tem limites, 
embora, 
ao mesmo tempo, 
não possa ir tão longe 
como poderia pensar. 

Você não é um salgueiro 
nem é um carvalho.

Você é um ser humano 
vibrante. 

Você pode ser girado 
e lançado, 
e ainda assim 
cai em pé.

Não importa o dano 
que você sinta que o 
mundo lhe causou, 
você cai sempre de pé. 

Eu não estou 
lhe recomendando 
que tenha tempos difíceis, 
embora deva lhe dizer 
que aquilo que você chama 
de adversidade, 
de fato, 
o faz forte.

Não fique procurando 
a adversidade, 
mas quando as coisas não
 saírem do seu modo, 
não fique assombrado. 

Você está sendo elevado 
para mais alto ainda. 

Considere isto: 
Todas as pessoas que 
entram em sua vida 
contribuem para sua força. 

Você pode ver este ou aquele 
como um adversário, 
contudo, 
todo mundo em sua vida, 
não importa quão breve 
seja sua passagem por ela, 
é um bloco de sua 
construção.

Considere as pessoas que 
entram em sua vida 
como operários. 
Eles podem lhe derrubar, 
mas também o elevam.

Talvez eles sejam uma 
pequena protuberância 
na estrada que você 
deva trilhar.

Talvez os considere 
como vitaminas,
algumas difíceis 
de engolir.

Agradeça por todos que 
passam em sua vida, 
pois eles lhe impulsionam. 

Não importa o quão difícil 
esteja sendo para você, 
eles o pegam pelo cotovelo 
e o ajudam a subir outro 
degrau da escada da vida.

Não que lhe ensinem algo.
Você não é uma água-viva, 
embora eles possam estar 
em sua vida 
para lhe chacoalhar. 

Você não é um vidro 
de leite de coco 
para ser agitado. 
É mais como se você 
fosse o coqueiro. 
Balance-o e um coco cai, 
e você se 
percebe dando frutos. 

Você nota que existe algo 
para você em tudo.

Dar frutos não é o 
mesmo que perdê-los. 

O que estou dizendo 
é que a vida não o enfraquece, 
amado. 
A vida o fortalece. 

Por mais impaciente que 
possa se sentir, 
por mais que ainda tenha 
que aprender, 
você está ficando 
mais forte.

Forte significa mais flexível 
e também significa mais firme. 
Você consegue imagens 
mais claras.

Com cada passo,
 descobre quão forte você é. 
Não há nenhuma tempestade 
que não consiga agüentar.

Você não foi fortalecido 
em preparação para a batalha. 
Não pense assim. 
Você foi fortalecido para 
que comece a conhecer 
sua própria força.

Você poderia, 
por favor, 
parar de ver falhas?

O que você vê como 
sua maior falha 
pode muito bem ser sua 
força eminente.

Não deixe de olhar 
com generosidade 
para si mesmo.

TEXTO DE: Gloria Wendroff 
* * * * *
Texto enviado aos amigos do 
"Grupo Mensagem de Domingo" 
no dia 27 de Julho de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links 
de propagandas 
deste blog você ajuda a 
Campanha Natal Solidário 
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 19 de julho de 2014

As corredeiras e a vida​

Desapegue-se do desejo de 
controlar tudo e todos.
Deixe-se levar pela correnteza,
como o rio que sabe que vai 
encontrar o mar,
mas não sabe por 
onde vai passar.
Basta a certeza de onde 
você quer chegar.

Ilumine-se na benção 
diária da vida.
Só por estar vivo e respirando, 
ainda que com aparelhos,
recebemos a gratidão do Universo, 
e pelo menos por educação:
agradeça!

Não se deixe levar 
por nenhum problema, 
seja do tamanho que for.
Maior é a força 
que nos concedeu a vida, 
maior ainda é o amor.
Não se distancie das coisas 
que lhe dá prazer.
Pare um instante e sorria, 
assim como criança.
Que se contenta com o 
pirulito mais barato.
E acha tudo lindo, pois 
isso sim é um fato.

E, para sarar de vez, 
para ser mais feliz,
não se esqueça de olhar no 
espelho e olhando profundamente,
nos olhos de quem você 
vê no reflexo dele,
diga com sinceridade:
- Eu te amo e tudo 
vai ficar bem!

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto enviado aos amigos do 
"Grupo Mensagem de Domingo" 
no dia 20 de Julho de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links 
de propagandas 
deste blog você ajuda a 
Campanha Natal Solidário 
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 12 de julho de 2014

Onde você está?

"Todo sofrimento 
vem de estar aqui, 
querendo estar lá" 
- Eckhart Tolle -

Onde você está?

Esteja presente. 
Este momento tem muito 
a te proporcionar e ensinar, 
o que você está deixando 
passar enquanto se perde 
em pensamentos do que 
deveria ou poderia 
estar vivendo?

Esteja presente. 
E, às vezes,
 a melhor forma de estar 
presente é apenas parar 
por alguns segundos, 
fechar seus olhos, 
respirar fundo e soltar o ar, 
lentamente.

Então olhe ao redor: 
onde seu corpo estiver, 
este é o seu presente.

Não fuja: 
aceite o que quer 
que esteja acontecendo com 
você neste momento, 
simplesmente aceite.

Ainda que não seja 
de seu agrado: 
aceite.

O primeiro passo para 
transformar o que quer 
que seja é não brigar 
com o que é.

É o que é e quanto 
mais você resistir, 
mais a situação vai 
persistir.

Então aceite.

Coloque seus dois pés, 
firmes, 
no chão do que é. 
Sem os dois pés firmes 
não existe a possibilidade 
de dar um passo em 
qualquer outra 
direção.

TEXTO DE: Flávia Melissa
* * * * *
Texto enviado aos amigos do 
"Grupo Mensagem de Domingo" 
no dia 13 de Julho de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links 
de propagandas 
deste blog você ajuda a 
Campanha Natal Solidário 
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 5 de julho de 2014

UMA XÍCARA DE CAFÉ

Um grupo de profissionais, 
todos vencedores em suas 
respectivas carreiras, 
reuniram-se para visitar 
seu antigo professor.

Logo a conversa parou 
nas queixas 
intermináveis sobre 
'stress' 
no trabalho e na vida 
em geral.

O professor ofereceu café, 
foi para a cozinha e voltou 
com um grande bule, 
e uma variedade 
das melhores xícaras: 
de porcelana, plástico, 
vidro, cristal, 
algumas simples 
e baratas, 
outras decoradas, 
outras caras, 
outras muito exóticas.

Ele disse: 
- Pessoal, 
escolham suas xícaras 
e sirvam-se de um pouco 
de café fresco.

Quando todos o fizeram, 
o velho mestre limpou 
a garganta e calma e 
pacientemente conversou 
com o grupo: 
- Como puderam notar, 
imediatamente as 
mais belas xícaras 
foram escolhidas e as mais 
simples e baratas ficaram 
por último.

Isso é natural, 
porque todo 
mundo prefere o melhor 
para si mesmo.

Mas essa é a causa 
de muitos problemas 
relacionados com o que 
vocês chamam 
"stress".

Ele continuou: 
- Eu asseguro que nenhuma 
dessas xícaras acrescentou 
qualidade ao café.

Na verdade, 
o recipiente apenas 
disfarça ou mostra a bebida.

O que vocês queriam, 
na verdade, era café, 
não as xícaras, 
mas instintivamente vocês 
quiseram pegar as 
melhores.

Então, 
eles começaram a olhar 
para as xícaras uns 
dos outros.

Agora pense nisso: 
A vida é o café.

Trabalho, dinheiro, 
status, popularidade, 
beleza, relacionamentos, 
entre outros, 
são apenas recipientes, 
que dão forma 
e suporte à vida.

O tipo de xícara que 
temos não pode definir 
nem alterar a qualidade 
da vida que recebemos.

Muitas vezes, 
concentrando-nos apenas 
em escolher a melhor xícara, 
nos esquecemos de 
apreciar o café.

As pessoas mais felizes 
não são as que têm o melhor, 
mas as que fazem o melhor 
com tudo o que têm.

Então lembre-se:
* Viva simplesmente.
*Seja generoso.
* Seja solidário e atencioso.
* Cultive suas amizades.
* Fale com bondade.

O resto 
deixe com a natureza, 
porque a pessoa mais 
rica não é a que mais tem, 
mas a que precisa 
menos.

Agora desfrute o seu café.

TEXTO DE: OBS.: 
Não encontramos autoria do texto acima. 
Caso saiba e queira nos informar, 
para darmos os créditos merecidos ao autor, 
fineza enviar um e-mail para: 
mensagemdedomingo@toninholima.com.br
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 06 de Julho de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links 
de propagandas 
deste blog você ajuda a 
Campanha Natal Solidário 
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 28 de junho de 2014

O tolo e a vida​

O tolo se perde nas 
dificuldades que ele 
mesmo cria.
Não se acha e não se 
encontra pelo medo 
de viver.

Viver implica 
em correr riscos.
Riscos de ganhar e 
de perder.

Isso é viver.

O tolo acredita que 
tudo é lindo,
tudo é real na sua 
imaginação.
Vive com 
esperanças alheias, 
sofre por antecipação.
O tolo suspira, 
o sábio faz.

Não se perca 
em devaneios e promessas 
dos outros.
Nem fique na prisão 
dos sonhos bobos de 
perfeição.

Arrisque-se na louca 
aventura de viver os 
seus sonhos.

Ainda que você 
"quebre a cara" 
mil vezes,
mil vezes viveu 
a delícia de lutar pelo 
que realmente importa:
você!

O tolo transfere 
sua felicidade para 
os outros.

E você?

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto enviado aos amigos do 
"Grupo Mensagem de Domingo" 
no dia 29 de Junho de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links 
de propagandas 
deste blog você ajuda a 
Campanha Natal Solidário 
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 21 de junho de 2014

Do tempo do seu tempo

Enquanto você se 
cobra demais,
alguém está conquistando 
aquilo que poderia ser seu.
Enquanto você reclama 
disso ou daquilo,
alguém se alegra com 
o pouco que conquistou.
Enquanto você se dedica 
demais á quem não merece,
o seu tempo de amar 
vai se esgotando.

Enquanto você faz 
o que não gosta,
alguém se diverte 
trabalhando onde 
lhe faz bem.

Não busque viver 
"empurrando a vida" 
como se fosse um fardo.
Nem vá para o trabalho 
como se fosse para 
o calvário.

Se a sua boca anda 
amarga de tanto reclamar,
se o seu coração anda 
seco por não amar,
mude a estação da sua 
rádio interior,
e toque músicas alegres 
que possam 
"motivar".

É tempo de sorrir, 
de acreditar.
De fazer o seu 
melhor e acertar.

Acertar na dose 
gostosa do amor 
próprio.
Valorizando o que 
deve ser valorizado 
em você.
Destacando suas qualidades, 
e disfarçando os defeitinhos.

Porque do tempo, 
o seu tempo, 
quem é o dono de verdade,
é essa pessoal 
maravilhosa que 
você vê no reflexo 
do espelho,
ninguém mais, 
ninguém menos do 
que você mesmo.

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto enviado aos amigos do 
"Grupo Mensagem de Domingo" 
no dia 22 de Junho de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links 
de propagandas 
deste blog você ajuda a 
Campanha Natal Solidário 
que promovemos ha 20 anos.

quarta-feira, 11 de junho de 2014

O amor por companheiro

Adotarei o amor por companheiro 
e o escutarei cantando,
e o beberei como vinho, 
e o usarei como vestimenta.

Na aurora, 
o amor me acordará
e me conduzirá 
aos prados distantes.
Ao meio dia, 
conduzir-me-á à sombra 
das árvores
onde me protegerei do sol 
como os pássaros.

Ao entardecer 
conduzir-me-á ao poente,
onde ouvirei a melodia da 
natureza despedindo-se da luz,
e contemplarei as sombras da 
quietude adejando no 
espaço.

À noite, 
o amor abraçar-me-á,
e sonharei com 
os mundos superiores
onde moram as almas dos 
enamorados e dos poetas.

Na primavera, 
andarei com o amor, 
lado a lado,
cantaremos 
juntos entre as colinas
e seguiremos as pegadas 
da vida,
que são as violetas e 
as margaridas;
e beberemos a água da chuva, 
acumulada nos poços,
em taças feitas 
de narciso e lírios.

No verão, 
deitar-me-ei ao lado do amor
sobre camas 
feitas com feixes de espigas,
tendo o firmamento por 
cobertor
e a lua e as estrelas por 
companheiras.

No outono, 
irei com o amor aos vinhedos
e nos sentaremos no lugar,
e contemplaremos 
as árvores se despindo
das suas vestimentas 
douradas
e os bandos de aves 
migratórias
voando para as costas 
do mar.

No inverno, 
sentar-me-ei com o amor 
diante da lareira e
conversaremos sobre os 
acontecimentos dos séculos e
os anais das nações 
e povos.

O amor será meu 
tutor na juventude,
meu apoio na maturidade, 
e meu consolo na 
velhice.

O amor permanecerá 
comigo até o fim da vida,
até que a morte chegue,
e a mão de Deus nos 
reúna de novo.

TEXTO DE: Khalil Gibran
* * * * *
Texto enviado aos amigos do 
"Grupo Mensagem de Domingo" 
no dia 12 de Junho de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links 
de propagandas 
deste blog você ajuda a 
Campanha Natal Solidário 
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 7 de junho de 2014

Vença o medo de vencer

Seja o que for que
esteja te atormentando
nesse dia,
desperte para
a realidade que apresenta
tantas oportunidades,
ainda que seja a porta
de saída do lugar onde
você mora.

Não se aprisione
nas mesmas ideias.

Não se feche nas
mesmas desculpas.

Troque esses óculos
da dor por lentes
coloridas,
pela visão enriquecedora
do amor.

Encha-se dessa certeza
de que tudo passa,
de que tudo se transforma,
e tudo é possível
quando deixamos a estagnação
das reclamações inúteis,
e nos movimentamos em direção
aos nossos sonhos.

Pense grande!

Pense nas infinitas
possibilidades que
você tem hoje,
seja fazendo um pão
de linguiça,
 ou um projeto inovador
de decoração.

Quem sabe uma nova vacina,
ou um método diferente
de lavar o arroz.

Se é para fazer,
faça bem-feito.

Se é para vencer,
faça o seu melhor.

Se é para durar,
faça com paixão.

Se é para mudar,
use o bom senso e a razão.

A vida só respeita quem
se valoriza e tem
determinação.

Diga não para o medo
de crescer e vencer.

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 08 de Junho de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 31 de maio de 2014

A ALMA DOBRA ...

"A alma dobra, mas não quebra" 
(antigo provérbio)

Não importa realmente 
o tamanho da dor que 
você vive ou viveu.
Nem o tamanho do 
sofrimento sentido 
pela perda, 
seja do ente querido 
que morreu,
seja do amor de poucos 
dias que acabou, 
se perdeu.

A alma sofre tanto 
que parece ser o fim, 
a dor da 
perda parece física, 
inexplicável,
mas é suavizada 
pelos dias, 
amenizada pelo tempo,
cicatrizada pela 
necessidade de viver.

Por isso, 
ao refletir na dor 
que nos cabe em 
nosso viver,
possamos entender 
que tudo é passageiro 
de verdade.

A dor, o amor, 
a saúde, a paz, 
a esperança, 
a noite, o dia,
o velho e a criança. 
O sentimento 
de perda e o âpego.
Todos são frutos no 
mesmo balaio.
Hoje cheiram 
bem ou mal, 
mas amanhã estarão 
inevitavelmente 
podres.

Ai de quem parte, 
ai de quem fica...

Se a dor da gente não 
"sai no jornal",
resta esse 
"respirar forçado" 
da vida que segue,
se realmente a alma 
não quebra, 
ela segue dobrada,
pela saudade do que 
perdemos, 
ou do que não fomos,
pela angústia de rever 
pedaços que doem 
tanto.

Mas sempre resta 
uma esperança, 
ainda que seja 
sonho de criança,
de ter um reencontro, 
seja com quem partiu 
e deixou doce lembrança,
seja com o que 
perdemos e não nos 
conformamos, 
amarga herança.

Fica então a certeza:
"A dor ensina de verdade,
mas só o amor educa 
para a eternidade."

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto enviado aos amigos do 
"Grupo Mensagem de Domingo" 
no dia 01 de Junho de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links 
de propagandas 
deste blog você ajuda a 
Campanha Natal Solidário 
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 24 de maio de 2014

Espelho da vida

O mundo ao seu  redor 
é um reflexo, 
um espelho que mostra 
quem você é.

O  que você acha de 
bom nos outros, 
está também em você.

Os defeitos que você 
encontra nos outros são 
os seus defeitos também.

Afinal, 
para reconhecer algo, 
você tem  que conhecê-lo.

As potencialidades que 
você vê nos outros, 
são possíveis também 
para você.

A beleza que você  
vê ao seu redor, 
é a sua beleza.

O que você vê 
nos outros lhe mostra 
você mesmo.

Veja o 
melhor nos outros, 
e você será uma 
pessoa melhor.

Doe aos outros 
e estará doando 
a si mesmo.

Aprecie a beleza, 
e  você será belo.
Admire a criatividade, 
e você será criativo.
Ame, 
e você será  amado.
Procure compreender, 
e será compreendido.
Ouça, 
e sua voz será ouvida.
Ensine, 
e você aprenderá.

Mostre ao espelho 
sua melhor face, 
e você  ficará feliz 
com o que ele vai 
lhe mostrar.

TEXTO DE: Procura-se
* * * * *
OBS.: Não encontramos fonte
ou autoria deste texto em nossos 
arquivos e na internet.
Caso saiba e queira nos ajudar,
fineza nos informar através do e-mail
mensagemdedomingo@toninholima.com.br,
para darmos os créditos merecidos a
quem o escreveu.
* * * * *
Texto enviado aos amigos do 
"Grupo Mensagem de Domingo" 
no dia 25 de Maio de 2.014.

sábado, 17 de maio de 2014

Ouviu dizer...

Ouviu dizer: 
não vá por ali.
Mas sua vontade insiste: 
eu quero ir por ali.
Faz bem em 
pelo menos tentar, 
isso é natural.
Faz parte do nosso 
instinto humano, 
ser desbravador.

Mas, por favor, 
não caia no erro de 
não admitir que errou.
Foi, 
experimentou e 
não gostou, 
volte!

Recomece do zero, 
ou, 
se preciso for, 
abaixo do zero.
Mas insistir no erro, 
desculpe, 
já diziam os antigos:
-é burrice!

Quantas pessoas hoje 
se encontram amarradas 
aos erros do passado?

Quantos perdidos em 
ilusões passageiras, 
em estradas que não 
levam a lugar nenhum?

Quantos queriam 
ter apenas um 
instante de silêncio, 
de paz, 
mas vivem um 
inferno em suas almas 
por suportarem calados,
as marcas dos erros que 
não conseguem, 
ou não querem admitir.

Voltar atrás 
e recomeçar não 
é vergonhoso.

Vergonhoso é ser infeliz 
tendo a chance de mudar.

Vergonhoso é ficar se 
lamentando todos 
os dias.

Vergonhoso é ficar 
procurando culpados 
pelo seu fracasso.

Vergonho é não admitir 
que como 
todo ser humano, 
errou,
e que vai fazer 
tudo de novo, 
de uma nova maneira.

Desamarre-se!
Solte-se!

Viva a liberdade 
de poder recomeçar 
quantas vezes quiser.

Este é o sentido 
de viver a vida com 
plenitude.
A abundância é apenas 
uma consequência.

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto enviado aos amigos do 
"Grupo Mensagem de Domingo" 
no dia 18 de Maio de 2.014.

sábado, 10 de maio de 2014

Toda mulher é mãe

Toda mulher é mãe. 
Mesmo que, 
não nunca tenha 
tido um único filho, 
mesmo que nunca 
venha tê-lo.

Toda mulher é mãe.

Sem filho, 
será mãe adotiva. 
Entregará à alguém 
os benefícios do 
seu amor.
Os sobrinhos, 
os afilhados, 
os filhos dos outros...

Por isso, 
não basta somente 
um dia para agradecer 
as mães,
porque o amor e o 
carinho de mãe 
são e sempre serão do 
tamanho do infinito. 

Uma história que 
não tem começo, 
porque nossas mães
 já sonhavam 
com a gente 
muito antes de nossa 
existência. 

Nos amavam 
bem antes 
de ver as nossas 
faces.
E planejavam nosso 
futuro quando ainda 
nem eramos presentes.

Um dia não basta para 
agradecer tudo que nossas 
mães fizeram por nós., 
um dia não basta, 
mãe e filho uma história 
que não tem fim.

Porque mesmo 
se um dia 
a voz dela se 
ausentar a 
presença será eterna, 
porque as mães 
são eternas.

TEXTO DE: Felipe Lestar
* * * * *
Texto enviado ao amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 11 de Maio de 2.014.