domingo, 6 de dezembro de 2015

O uno da esperança



















O uno pode ser o todo na
esperança do ser.
Sonhar é ser imortal,
não existem portas,
nem paredes,
apenas uma janela do criar.

Ser grande,
só é possível para quem
um dia foi pequeno de força,
ninguém nasce forte,
mas se aprende a ser.

Nada é como é,
as coisas criam forma,
e tudo ganha vida,
o que foi hoje,
amanhã será diferente,
essa é a metamorfose do
tempo e lugar.

A gente se transforma,
se reinventa,
reaprende a caminhar
e a ter esperança.

Dias de gloria,
dias de medo,
dias de sorriso,
são apenas dias,
se são bons ou ruins,
isso não importa,
o que devemos ter em
mente é que os dias passam,
o sol sempre aparece,
mas também há dias de
tempestade carregados
de medo e de insegurança.

Dias bons ou ruins
fazem parte da vida,
mas cada um tem algo a
nos ensinar,
a nos mostrar,
basta olhar para os
sinais a sua volta.

FONTE: http://www.folhasdotempo.com.br/o-uno-da-esperanca/
ARTE NA FIGURA: Nena
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 06 de Dezembro de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.
788/2015

Imprevisível




















A vida é como
um medicamento sem bula,
um aparelho eletrônico sem
manual de instruções,
uma caça ao tesouro sem mapa,
uma prova de rally sem GPS.

O problema é que você insiste
em tentar encontrar um padrão,
em seguir uma lógica,
em acreditar em verdades absolutas,
em desejar que as experiências
passadas se repitam.

Veja bem.
Aquela cantada
que deu certo uma vez pode
ser que nunca mais funcione.
Aquele lugar que você
adorou conhecer tem boas
chances de não te agradar
em outras oportunidades.
Aquela roupa com a qual você
se deu bem em uma festa não
te fará ser o galã supremo
em todas as outras.
Aquele grande amor
pode se tornar entediante.

O certo, às vezes,
torna-se errado e,
o contrário,
muitas vezes,
parece certo.

Pare de querer repetir
fórmulas prontas que
deram certo com outras
pessoas.

Você percebe?

OUTRAS PESSOAS.
Não você!

Não é porque sua amiga
conheceu o amor da vida
dela em determinado lugar que
o seu também estará lá.

E, também,
não é porque um cara
foi um imbecil com você
que todos os outros
também serão.

Toda generalização é burra,
inclusive essa.

Nem toda mulher que
gosta de boate é fácil,
nem todo homem que
frequenta a igreja é
um bom partido.

Tem gente que gosta de receber
mensagem de
“bom dia” toda manhã,
tem outros que irão se
afastar de você se
fizer isso.

As pessoas são mesmo assim:
podem te amar ou te
odiar pelo mesmo motivo.

É preciso saber chegar,
adaptar-se,
jogar o jogo com
as cartas que lhe
forem entregues.

Para mim é isso que torna
a vida apaixonante:
o imprevisível.
Porque você acorda
sem saber como o
dia vai terminar,
e pode ser até que
não termine.

Por isso a boa é viver
sem fazer planos,
sem querer repetir histórias,
sem esperar muito
e sem desesperar
jamais.

Esteja de braços
abertos para o novo.
O inesperado pode te
abraçar em qualquer
esquina.

O seu projeto de vida
nunca será melhor
do que aquele que o
maior arquiteto de todos
planejou para você.

Quer saber?
Corta essa de querer
reviver momentos.
Suas melhores lembranças
só existem porque um dia
você se permitiu viver
algo novo.

Liberte-se e acredite:
quando o vento do
destino sopra,
o acaso faz o
inesperado acontecer.

TEXTO DE: Procura-se
ARTE NA FIGURA: Nena
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 09 de Agosto de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.
787/2015

domingo, 2 de agosto de 2015

XEQUE MATE


















Sempre que alguém me
pergunta sobre Deus,
me vem uma única
imagem a cabeça.

Um senhor grisalho,
de olhar penetrante
e vestes largas,
expressão serena
e sorriso fácil.

Lá está Ele,
mexendo as peças do
seu grande tabuleiro
dourado.

É, dessa forma,
que vai orquestrando
a vida.
Manuseia as peças com
a sua sabedoria absoluta,
planejando os
movimentos futuros,
escolhendo aquelas
que devem se aproximar
e as que já não podem
mais andar tão
próximas.

Decide quem deve
avançar e os que
precisam retroceder.

É, também,
quem escolhe as peças
que devem sair do
tabuleiro ou as que
merecem uma nova
chance de jogar.

Com justiça,
seleciona os seus
reis e os seus cavalos,
os peões e a forma
de cada um se
movimentar.

É um jogo complexo que,
somente Ele,
que vê tudo lá de cima,
consegue entender toda
a lógica.

Nós, aqui embaixo,
muitas vezes,
não compreendemos
a jogada.

É que os bons
jogadores têm mesmo
essa capacidade,
de perceber tudo
muito antes dos
demais.

Algumas rodadas
depois acabamos por
entender o porquê
de todo o processo.

Tenho aprendido
a não mais questionar.
Aceito minha função
e posição no jogo,
pois sei que Ele sabe
o que é melhor
para mim.
Sou extremamente
grato por me dar
a chance de jogar.

É tanta bênção
recebida que não
ouso reclamar
de nada.

Que belo tabuleiro
o Senhor nos preparou.
Eis me aqui e confio
em ti,
ó Senhor.
O meu destino está
em suas mãos.

Sou o seu bispo
e confio na sua
jogada.

Com fé e coragem não
há inimigo que resista.

Xeque Mate.

TEXTO DE: Procura-se
Fineza nos informar através do e-mail:
mensagem@toninholima.com.br
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 02 de Agosto de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Você se sente deprimido?





















Você se sente deprimido?
Então,
só por um momento,
sinta-se deprimido,
Sem tentar se livrar
desse sentimento,
sem procurar ter outro
tipo de experiência.

Tente deixar de lado o
rótulo deprimido,
e comece a investigar
a vida que se move
por seu corpo,
que é anterior à palavra,
anterior a qualquer
conceito.

Sinta diretamente
o estado natural
das sensações em
seu corpo,
em sua barriga,
em seu peito,
em sua garganta,
em sua cabeça.

Como são as sensações,
dolorosas,
agudas, variantes?

Palpitam, vibram,
tremem?

Se movem rapidamente
ou devagar?

Mudam quando você
lhes dá atenção?

Permita que
as sensações bailem,
se movimentem,
se intensifiquem ou
se afastem.

Não há nada que seja
bom nem mau.

Deixa que todos
seus pensamentos,
imagens mentais,
sonhos,
fragmentos de história
estejam aqui também.

Permita que fiquem,
permita que se vão.
Permita que sejam
ondas no oceano
de Ti.

Renuncia a cansativa
luta de mudar aquilo
que já é.
Encontra teu descanso
no meio da preocupação.
Constrói uma atenção
ao que está presente,
não ao que está ausente.

Seja a luz que ilumina,
e amorosamente abraça
a sua presença consciente.

Neste momento,
não trates de fugir
da depressão,
só ouça o cantar
deste momento.
A canção de um
constante mudança.

TEXTO DE: Jeff Foster
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 26 de Julho de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

sexta-feira, 17 de julho de 2015

A beleza Divina





















A vida é um presente
especial de Deus cheio
de beleza infinita.

Sua apreciação
e gratidão por esta
beleza produzem uma
dimensão nova de amor
dentro de você.

Dedique tempo para
procurar a beleza.
Procure uma flor e olhe
com admiração este
milagre divino.

Perceba a graça de
uma árvore,
a força de seu tronco,
a força do sistema
de raízes entrando
profundamente no
solo e o jogo
das folhas
na luz do sol.

Ponha seus braços
ao redor de uma
árvore e dispense
um momento para
sentir a força de vida
que pulsa
interiormente.

Este pulso
permanente e lento
confortará e acalmará
você em tempos de
perturbação.

Tente sentar
e encostar-se numa
árvore e sinta a paz
crescer dentro
de você.

Escute a sinfonia
dos pássaros.
Eles cantam por
pura alegria.

Esta é natureza em
toda a sua glória,
e a natureza sempre
fará você se lembrar
da beleza e da maravilha
do Espírito.

A natureza é um
dos modos mais fáceis
de deliciar-se
na maravilha de vida.

A simples consciência
das ocorrências milagrosas
na natureza afetará a força
de vida dentro de você.

Haverá uma recordação
dos tempos quando
você era uma criança e
da maravilha vivida antes
na sua consciência.

Quando você faz isto,
sua vida assume
um significado novo,
uma particularidade.

Aprofunde-se
nos sentimentos
que conectam você
com Espírito.

Esteja consciente
de que você é filho
de um Universo benevolente.

Saiba que você é
guiado e protegido
pelos Anjos,
e que quem você
é tem grande valor
para o mundo.

Voe alto e experimente
as incríveis possibilidades
disponíveis para você
em todos os momentos.

Qualquer coisa
é possível.

Milagre é o estado
natural de existir
no universo.
Não se limite pensando
que você não pode
fazer o que é
importante para você.

Dispense tempo
para deixar seu Anjo
da Guarda lhe mostrar
como você pode realizar
todos os seus sonhos.

Peça isto em sua
meditação.
Você merece ter aquilo
que o faz feliz em
sua vida.
A vida não é para
ser uma luta dolorosa
sem esperança.

Permitir que as possibilidades
novas rocem os perímetros
de sua consciência
dará início ao processo
de abertura para
milagres totais.

É um processo de permissão.

Ele requer a sua vontade
de que sua vida seja
mais feliz e mais satisfatória,
até mesmo se você
não souber como
fazer isso.

Esta vontade permite
que as forças do universo
trabalhem para você.

Dê-se a abertura
para os milagres,
para a maravilhosa
alegria e gratidão a tudo
que lhe está disponível
agora mesmo.

Evoque sua Presença
Angelical para abrir
o caminho para os
milagres que você merece.

Delicie-se na beleza
divina da maravilha
de vida!

Vá fundo! Voe alto!

Siga seu amor e a
alegria da realização
será sua!

TEXTO DE: Shanta Gabriel
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 19 de Julho de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

quarta-feira, 8 de julho de 2015

UM PRESENTE PARA DEUS





















É bom receber presentes;
é bom dar presentes,
não importa em que
ocasião.

Passam-se os anos e,
dificilmente,
deixamos de receber
ou de dar algum
presente a alguém.

Há quem goste mais
de receber,
outros preferem ofertar.
Ambos,
dar e receber presentes,
trazem-nos satisfação
à alma.

Deus,
que tudo criou,
nos presenteou
com a vida;
ela é um presente
de Deus para nós.

E o que nós fazemos
da vida que Ele nos
dá é qual é o presente
que Lhe damos,
em retribuição?

A pergunta que segue é:
que tipo de vida estamos
ofertando a Deus?

Em que estamos transformando
nossas vidas?

O que temos feito com
a vida que Ele nos
presenteou?

Vivemos a resmungar
porque não temos tudo
o que desejamos?

Usamos nossos lábios
para falar mal do nosso
irmão em vez de
louvarmos o nome
de Deus?

Temos acumulado mágoas
e rancores em nossos
corações em vez de
liberar perdão?

Temos negligenciado
os ensinamentos de Jesus
e só nos lembramos dele
nas horas difíceis?

Deus é o Senhor de
nossas vidas?
Ou temos procurado
andar segundo
os ensinamentos dos
mestres deste mundo?

Não podemos servir
a dois senhores.

Temos malhado nossos
corpos nas academias
para parecermos esbeltos
enquanto nossas almas continuam
espiritualmente anêmicas?

Temos procurado nos alimentar
apenas dos manjares que
o mundo oferece,
e esquecemo-nos
de alimentar o espírito
com a Palavra de Deus?

Uma vida agradável
a Deus não pode estar
contaminada por rancor,
amargura, inveja,
desobediência,
infidelidade, contendas,
prostituição, etc.

Jesus,
no seu Sermão do Monte,
deixou-nos uma bela lição da
vida agradável a Deus.

Deus não quer nosso ouro,
nem prata,
nem sacrifícios.
O que Ele deseja de nós
está escrito em
Provérbios 23:26:
“Dá-me, filho meu,
o teu coração,
e os teus olhos se
agradem dos meus caminhos”.
Um coração devotado
a Deus e uma vida pautada
em seus ensinamentos
é o melhor presente que
podemos dar ao nosso
Pai celestial.

“ Cria em mim, Ó Deus,
um coração puro e renova
dentro de mim um
espírito inabalável”.
(Salmo 51:10)

TEXTO DE: Nerivaldo
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo!
no dia 12 de Julho de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

sábado, 4 de julho de 2015

O Silêncio da Alma



















Lembre-se:
Os silêncios mantêm
os segredos, portanto,
o som mais doce é o som
do silêncio.

Essa é a canção
da alma.

Alguns escutam o silêncio
na oração,
outros cantam a canção
em seu trabalho,
alguns procuram os segredos
na contemplação tranquila.

Quando se alcança
a maestria,
os sons do mundo
se apagam,
as distrações se
aquietam.

Toda a vida
se transforma
em meditação.

Tudo na vida é uma
meditação na qual
se pode contemplar
o Divino e vivendo
dessa forma,
aprendemos que tudo
na vida é bênção.

Já não há luta,
nem dor,
nem preocupação.
Só há experiência.

Respira em cada flor,
voa com cada pássaro,
encontra beleza
e sabedoria em tudo,
já que a sabedoria
está em todos
os lugares onde se
forma a beleza.
E a beleza se forma
em todas as partes,
não há que procurá-la,
porque ela virá a ti.

Quando age nesse estado,
transforma tudo o que
faz numa meditação
e assim, num dom,
num oferecimento de seu
para sua alma e de sua
alma para o Todo.

Ao lavar os pratos
desfruta do calor da
água que acaricia suas mãos.
Ao preparar a ceia sinta
amor do universo que
te trouxe esse alimento e,
como um presente seu
ao preparar essa
comida,
derrama nela todo
o amor do seu ser.

Ao respirar,
respira longa e
profundamente,
respira lenta e
suavemente,
respira a suave e
doce simplicidade da vida,
tão plena de energia,
tão plena de amor.

É amor de Deus o
que está respirando...

Respira profundamente
e poderá senti-lo.
Respira muito,
muito profundamente
e o amor te fará chorar
de alegria.
Porque conhece o
seu Deus e o seu Deus
te presenteou com a
sua alma.

Faz da sua vida e de
todos os acontecimentos
uma meditação.
Caminha na vigília,
não adormecido.
Sempre és Um com Deus.
Sempre é bem-vindo
à casa.
Porque seu lar é
o Meu coração e o Meu
é o seu.
Somos tudo o que é,
tudo o que foi e tudo
o que será.

TEXTO DE: Neale Donald Walsch
ARTE NA FIGURA: Nena
* * * * *
Mensagem enviada aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 05 de Julho de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

sábado, 27 de junho de 2015

O Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças


























A capacidade de esquecer
é o que existe de mais precioso
sobre a face da Terra,
sob nossas faces.

Amar é indubitavelmente
mais magnânimo,
mas não é tão essencial quanto
o esquecimento:
é ele que nos mantém
vivos.

O amor torna a paisagem
mais bonita,
mas é o bálsamo curativo
do esquecimento que nos faz
ter vontade de abrir os olhos
para vê-la.

A paixão empresta um sentido
quase mítico aos dias,
mas é esquecer a excruciante
tristeza perante a morte dela que
nos torna aptos a nos encantar
novamente dali a pouco.
Já esqueci amores inesquecíveis
e sobrevivi a paixões que,
tinha convicção,
me matariam se terminassem.

Às vezes,
cruzo na rua com fantasmas que
já foram bem vivos na minha
história e não deixo de sentir
uma certa melancolia por perceber
que aquele rosto um dia pleno
de significado se tornou tão
relevante quanto um outdoor
de pasta de dente.

Algumas pessoas simplesmente
são apagadas da memória
como filmes desimportantes.
Sem maldade ou intenção,
apenas esmaecem até
desaparecer.

É mesmo impossível manter
na memória da pele todos
os que passaram por nós
ou sermos mantidos por todos:
gente demais,
espaço de menos…

O passado deve ser mantido
no lugar dele e não trazido
nas costas feito mochila de viajante,
lotada com os erros cometidos
e alegrias jamais revividas.

Para ser feliz é necessário
pouca coisa além de se livrar
do excesso de carga e esquecer
as coisas certas.

É útil também jamais perder
de vista um detalhe,
afixá-lo no espelho do banheiro,
repeti-lo como um mantra:
absolutamente nada é para sempre,
nem mesmo os sentimentos
que parecem ser
(a vida seria um lago estagnado
se só existisse o perene).

Nunca mais haverá amor
como aquele?

Ótimo,
porque o novo é tão imenso
que seria um desperdício se
algo se repetisse.

Todo mundo passa.
E é bom que seja assim.

AUTORIA: Ailin Aleixo
* * * * *
Mensagem enviada aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 28 de Junho de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

sábado, 20 de junho de 2015

É preciso ir embora






















Ir embora é importante
para que você entenda que
você não é tão importante assim,
que a vida segue,
com ou sem você por perto.

Pessoas nascem,
morrem, casam,
separam e resolvem
os problemas que antes você
acreditava só você resolver.

É chocante e libertador.
Ninguém precisa de você
pra seguir vivendo.
Nem sua mãe,
nem seu pai,
nem seu ex-patrão,
nem sua pegada,
nem ninguém.

Parece besteira,
mas a maioria de nós tem
uma noção bem distorcida
da importância do
próprio umbigo.
Novidade para quem
sofre deste mal:
ninguém é insubstituível
ou imprescindível.
Lide com isso.

É preciso ir embora.

Ir embora é importante
para que você veja que você
é muito importante sim!
Seja por 2 minutos,
seja por 2 anos,
quem sente sua falta não
sente menos ou mais
porque você foi embora.
Apenas sente por
mais tempo!

O sentimento não muda.
Algumas pessoas nunca vão
esquecer do seu aniversario,
você estando aqui
ou na Austrália.

Esse papo de
“que saudades de você,
vamos nos ver uma hora”
é politicagem.

Quem sente sua falta vai
sempre sentir e agir.
E não se preocupe,
pois o filtro é natural.
Vai ter sempre aquele seleto
e especial grupo que
vai terminar a frase
“Que saudade de você…”
com
“por isso tô
te mandando esse áudio”;
ou “porque tá
tocando a nossa música”
ou
“então comprei uma
passagem”
ou ainda
“desce agora que
tô passando aí”.

Então vá embora.
Vá embora do trabalho
que te atormenta.
 Daquela relação que você
sabe não vai dar certo.
Vá embora
“da galera”
que está presente
quando convém.

Vá embora da casa
dos teus pais.
Do teu país. Da sala.
Vá embora.

Por minutos,
por anos ou pra vida.
Se ausente,
nem que seja pra encontrar
com você mesmo.
Quanto voltar
– e se voltar –
vai ver as coisas de
outra perspectiva.

As desculpas e preocupações
sempre vão existir.
Basta você decidir encarar
as mesmas como elas realmente são,
do tamanho de formigas.

TEXTO DE: Antônia no Divã
* * * * *
Mensagem enviada aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 21 de Junho de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Carpe Diem



















Carpe Diem é uma
frase em latim
de um poema de Horácio,
e é popularmente traduzida para
“colha o dia”...
“aproveite o momento”...

Utiliza-se também
como expressão
para solicitar que se
evite gastar o tempo
com coisas inúteis
ou como uma justificativa
para o prazer imediato,
sem medo do futuro.

Os defensores do
Carpe Diem defendem
que o “espírito” da
frase pode ser entendido
como aproveitar
as oportunidades
que a vida lhe oferece
no momento em que elas
se apresentam
ou ainda
aproveitar a vida
e não ficar apenas
pensando no futuro.
Outros,
dizem que viver o hoje
e não se preocupar
com o amanhã
é um estilo de vida
largamente difundido
pela mídia
e atrelado aos valores
do consumismo
e materialismo
como meios de obtenção
do prazer.

Jovens são facilmente
seduzidos pela ideologia
por serem mais apegados
à imagem.

O dilema que se apresenta
a todo indivíduo
"viver o hoje ou se
preparar para o futuro?"
é bipolar e sempre
muito controverso.
Principalmente se
aplicado aos dias atuais
onde a incerteza de
estabilidade e segurança
é uma constante na
vida das pessoas.
Aos experientes a
interpretação varia
de acordo com
a percepção da vida.

Um defensor
pode argumentar que
“passei tantos anos
da minha vida poupando
e pensando no futuro
pra chegar até aqui
e descobrir que
não vivi nada”...
e os críticos
“se tivesse me
poupado mais,
economizado mais,
não teria chegado a essa
situação de miséria
que me encontro”.

A verdade é que Carpe Diem
significa literalmente
Colha o seu dia.

Simplesmente significa
que esse dia é seu...
Este dia foi feito pra você...
Como uma fruta que
você gosta
e está no ponto e
diante de você!

Colha este
dia e seja feliz.
Absorva a alegria de
ter este belo dia
para viver.
Preocupe-se menos
com o futuro.
Viva o seu dia!

Experimente este
novo dia!

Faça alguma coisa boa
neste dia de hoje!

Colha esta nova
oportunidade de vida
dada a você!

AUTORIA: Procura-se
Fineza nos informar
através do e-mail:
mensagem@toninholima.com.br
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 14 de Junho de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

sábado, 6 de junho de 2015

Semáforos da Vida























“Lâmpada para os meus pés
é a tua palavra e luz,
para os meus caminhos”.
(Salmo 119:105)

Semáforos são sinais luminosos
colocados em diversas
ruas e avenidas das cidades,
e servem para orientar e controlar
pedestres e automóveis
no trânsito.

Sem eles,
haveria uma enorme
confusão no trânsito,
tal qual acontece quando
há falta de energia elétrica
e os semáforos não funcionam.

Todos querem passar ao
mesmo tempo;
ninguém se entende
e a impaciência às vezes gera
discussões e brigas.

O que seria a vida sem a
Palavra de Deus
para orientar-nos e controlar
nossos impulsos?

Haveria um verdadeiro
caos na sociedade,
se cada um,
querendo prevalecer
sobre os demais,
fizesse o que bem entendesse,
sem ter que dar satisfações
a ninguém.

Há momentos no nosso
dia a dia
em que precisamos parar,
buscar e esperar a orientação
de Deus,
a quem temos entregue a
direção de nossa vida.

Paremos quando Deus
acionar o sinal vermelho,
alertando-nos para o perigo.

A Palavra de Deus diz:
“O prudente vê o mal e esconde-se;
mas os simples passam adiante
e sofrem a pena.”
(Pv 22:3)

Estejamos atentos ao sinal
amarelo de Suas advertências;
não sejamos imprudentes.

“Não te impacientes;
certamente isso acabará mal( ...)
mas os que esperam no Senhor
possuirão a terra.”
(Sl 37:8-9)

Nas horas de tribulações
esperemos que Deus nos
abra o sinal verde,
para que possamos prosseguir
com segurança,
pois o Senhor
“guia os humildes na justiça
e ensina aos mansos
o seu caminho.”
(Sl 25:9).

Jesus Cristo,
o sinal verde para
a vida eterna.

AUTORIA: Procura-se
ARTE NA FIGURA: Toninho Lima
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 07 de Junho de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Quero ser uma televisão




















Na sala de aula,
a professora pediu aos
seus alunos que fizessem
uma redação e que na
mesma expressassem
o que gostariam que Deus
fizesse por eles.

Já em casa e quando
corrigia as redações
dos seus alunos,
deparou-se com uma que a
deixou muito emocionada.

O marido, nesse momento,
entrou na sala onde ela se
encontrava e vendo-a soluçar
perguntou-lhe:
O que aconteceu?
Ela respondeu-lhe:
Lê – passando-lhe uma
folha de papel.

– É a redação de um
aluno meu.

O marido pegou a folha
de papel que ela lhe
entregara e começou a ler.

“Senhor,
esta noite peço-te
algo de muito especial:
transforma-me
numa televisão!
Quero ocupar
o espaço dela.
Viver como a televisão
da minha casa vive.
Ter um lugar especial
para mim e reunir
a minha família ao redor.

Ser levado a sério
quando falar…
Ser o centro das atenções
e ser escutado sem
interrupções ou perguntas.
Quero receber a mesma atenção
que ela recebe quando
não funciona.

Ter a companhia do meu pai
quando ele chega em casa;
mesmo que esteja cansado.
Que a minha mãe me procure
quando estiver sozinha
e aborrecida,
em vez de me ignorar.
E ainda,
que os meus irmãos “briguem”
para poderem estar
comigo.

Quero sentir que
a minha família
deixa tudo de lado,
de vez em quando,
para passar alguns
momentos comigo.
Por fim,
que eu possa divertir
a todos.

Senhor,
não te peço muito…
só Te peço que me
deixes viver com
intensidade,
o que qualquer
televisão vive.!”

Quando terminou a leitura
o marido virou-se para a
esposa e disse:

Meu Deus,
coitado desse menino.
Que pais ele tem!
A professora olhou bem
nos olhos do marido,
e depois baixou-os,
dizendo num sussurro:
Essa redação pertence
ao nosso filho!

E você?
Será que você se
dedica mais a
televisão do que
a sua família,
e aos seus filhos?
Pense nisso!
melhor, repense,
ou ainda melhor,
continue pensando.
Complicado né?

TEXTO DE: Luís Samuel
ARTE NA FIGURA: Nena Silva
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 31 de Maio de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

quarta-feira, 20 de maio de 2015

PROIBIDO ESTACIONAR


























Bem-aventurado o homem
que não se detém
no caminho dos pecadores.
(Salmo 1:1)

Todo motorista sabe
que não pode estacionar
o automóvel em áreas
sinalizadas
por essa placa.
Se cometer essa infração,
será multado e perderá
pontos em sua carteira
de habilitação.

No curso de nossa
caminhada cristã somos,
muitas vezes,
tentados a estacionar,
não o automóvel,
mas nós mesmos,
em trechos pecaminosos,
a nos determos no caminho
dos pecadores e a nos
assentarmos à roda dos
escarnecedores.

Tal qual ocorre com
certos motoristas,
que dizem que vão
deixar o carro apenas
um minutinho em lugar
onde é proibido estacionar,
por vezes alguém pode alegar
que um deslize sem maiores
consequências vai passar
despercebido e que Deus não
vai leva-lo em consideração.

Ledo engano.
Aí reside o perigo.
Para Deus não há pecados
pequenos e grandes.
E muitas vezes o hábito
das pequenas infrações
termina por levar o infrator
a grandes transgressões.

Da mesma forma que
alguns minutos podem
custar uma multa e perda
de pontos na carteira
de habilitação,
uma mentirinha pode
causar sérios problemas,
alguns goles de bebida
alcoólica podem provocar
desastres fatais,
uma simples troca de
olhar pode levar
à destruição de
um casamento,
etc.

É feliz o que não anda
segundo o conselho
dos ímpios,
não se detém no
caminho dos pecadores
nem se assenta
entre eles.
(Salmo 1.1)

O crente em Jesus Cristo
deve estar atento
para não incorrer
em tais infrações
evitando estacionar
em bebedeiras,
prostituição, mentira,
infidelidade, rancor,
etc.

Uma multa por estacionamento
em local proibido
pode ser paga e,
se o carro for
guinchado,
pode,
mediante pagamento
ser retirado de depósito
do DETRAN,
mas para a alma não
há pagamento de multas
ou retirada do depósito
da morte.

Portanto,
devemos dirigir nossas
vidas conforme
o manual de Deus,
e jamais seremos
considerados infratores
de Sua Lei.

O caminho de Deus
é perfeito,
e a palavra do Senhor
refinada,
e é o escudo de todos
os que nele confiam.
(2 Samuel 22:31)

TEXTO DE: Nerivaldo Lopes
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 24 de Maio de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Sonhos, seiva da vida...























Todos nós, na infância,
temos sonhos:
grandes,
médios ou pequenos.
Mas à medida que
a vida passa,
esses sonhos vão para
as prateleiras da vida.

Depois para a área
de serviço,
até que chegar ao
sótão e ser,
então,
esquecidos.

E os sonhos acabam
se tornando vestígios
de uma época em
que a pessoa
acreditava no mundo
e em sua capacidade
de realização.

Enquanto os
perdedores se acomodam
e pensam que um
sonho é muito para eles,
os campeões se perguntam
o que precisam fazer
para realizá-lo.

Nunca pense que uma
meta não foi feita
para você,
mas sim virtudes
que precisa desenvolver
para conseguir
atingi-la.

Seus sonhos mantêm
aceso o fogo sagrado
em seu coração.

Eles são a seiva
da vida.
Nós envelhecemos
não porque
o tempo passa,
mas principalmente porque
abandonamos
nossos sonhos.

Pessoas de idade
avançada, mas com
grandes ambições,
carregam nos olhos
o brilho da juventude,
pois suas
metas continuam
alimentando sua alma.

É triste olhar para
alguém com 40 ou 50
anos e observar
que está vivendo a
espera da morte.

É frustrante ver
adolescentes precocemente
envelhecidos,
pois em seus corações
já não carregam
mais sonhos.

Para essas pessoas
viver é simplesmente
completar o dia,
completar o mês,
completar o ano.

E é triste constatar
que nosso povo está
deixando de sonhar.
A maioria procura
completar o dia.
Não se
permite imaginar
algo além do que
está vivendo.

Nunca. Nunca.
Nunca Desista.

Acredite Sempre.

TEXTO DE: Roberto Shinyashiki
ARTE NA FIGURA:?
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 17 de Maio de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

sábado, 9 de maio de 2015

Amor de mãe





















Muito se fala a respeito
das mães e do poder
do seu amor.
Um dos casos mais
significativos,
com certeza,
foi o que relatou
a doutora
Elisabeth Kubler-Ros.

No hospital onde trabalhava,
encontrou uma senhora portadora
de uma doença terrível e que
já havia sido internada dez vezes.

Cada vez que passava
um período no centro de
terapia intensiva, todos,
médicos e enfermeiras,
apostavam que ela iria morrer.
Contudo,
após as crises,
melhorava e voltava
para casa.

O pessoal do hospital
não entendia como aquela
mulher continuava resistindo
e não morria.

Então, certo dia,
a senhora enferma
explicou que o seu marido
era esquizofrênico e agredia
o filho mais moço,
então com dezessete anos,
cada vez que tinha um
dos seus ataques.
Ela temia pela vida do filho,
caso ela morresse antes
que o menino alcançasse
a maioridade.

Se morresse,
o marido seria o único
tutor legal do filho.

Ela ficava imaginando
o que aconteceria com
o rapaz nas mãos de um
pai com tal problema.

É por isso que ainda
não posso morrer,
concluiu a pobre
senhora.

O que mantinha
aquela mulher viva,
o que lhe dava forças
para lutar contra a morte,
toda vez que ela se apresentava,
era exatamente o
amor ao filho.

Como deixá-lo
nessas circunstâncias?
Por isso,
ela lutava e lutava
sempre.

A doutora,
observando emocionada
o sofrimento físico e
moral daquela mulher,
resolveu ajudá-la,
providenciando um advogado
para que
aquela mãe,
tão preocupada,
transferisse a custódia
do menino para um
parente mais confiável.
Aliviada,
a paciente deixou
o hospital infinitamente
agradecida por poder
viver em paz o tempo
 que ainda lhe restava.

Agora, afirmou,
quando a morte chegar,
estarei tranquila
e poderei partir.
Ela ainda viveu pouco
mais de um ano,
depois abandonou
o corpo físico, em paz,
quando o momento
chegou.

A história nos faz
recordar de todas as
heroínas anônimas
que se transformam
em mães,
em nome do amor.
Daquelas que trabalham
de sol a sol,
catando papel nas ruas,
trabalhando em
indústrias ou fábricas
e retornam para o lar,
no início da noite para
servir o jantar aos
filhos pequenos.
Supervisionar as lições
da escola,
cantar uma canção
enquanto eles adormecem
em seus braços.

E as mães de portadores
de deficiências física
e mental que dedicam
horas e horas,
todos os dias,
exercitando seus filhos,
conforme a orientação
dos profissionais,
apenas para que eles
consigam andar,
mover-se um pouco,
expressar-se.

Mães anônimas,
heroínas do amor.

Todos nós,
que estamos na Terra,
devemos a nossa
existência a uma
criatura assim.
E quantos de nós
temos ainda que agradecer
o desenvolvimento
intelectual conquistado,
o diploma,
a carreira profissional
de sucesso,
a maturidade emocional,
fruto de anos de dedicação
incomparável.

Quem desfruta
da alegria de ter
ao seu lado sua mãe,
não se esqueça de
honrar lhe os dias com
as flores de gratidão.

Se os dias de velhice
já a alcançaram,
encha-lhe os dias de
alegria.

Acaricie os seus
cabelos nevados
com a ternura das
suas mãos.

Lembre a ela que a
sua vida se enobrece
graças aos seus
exemplos dignos,
os sacrifícios sem conta,
as lágrimas vertidas
dos seus olhos.
E, colhendo o perfume
leve da manhã,
surpreenda-a dizendo:

Bendita sejas sempre,
minha mãe.

TEXTO DE: Procura-se autor
ARTE NA FIGURA: Nena Silva
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 10 de Maio de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

sexta-feira, 1 de maio de 2015

DEUS CUIDA DE VOCÊ
























Você já se
sentiu como se ninguém
ligasse para você?

Talvez você esteja
sentindo isso agora.
Bem,
a boa notícia é que
Jesus liga para você!

Não importa que tipo
de situação você está
enfrentando ou
o que os outros dizem.

Deus está preocupado
com os seus problemas.
E não é só isso;
Deus se interessa
por tudo que diz
respeito a você.

Foi Ele quem criou
você e Ele sabe,
melhor do que você
mesmo,
o que está
atormentando você.

Por isso,
desfaça-se das
suas preocupações
entregando-as a Ele.

Em Filipenses 4:6,
Paulo nos diz para
não nos preocuparmos,
mas que oremos
sobre tudo e,
depois de orar,
que comecemos a
agradecer a Deus
o fato de Ele responder
às orações.

Ele continua e nos
diz que,
depois que
fizermos isso,
Deus vai nos abençoar
com a paz.

Se você precisa de paz
no meio de uma situação,
chegue-se a Deus
em oração.

Olhe com cuidado
as últimas palavras
de 1 Pedro 5:7:
“…Ele cuida de vocês.”

Ele se interessa
por você.
Uma das palavras chave
aqui é esta pequena
preposição de.
Deus se interessa
em seu lugar.
Ele cuida de você.

Por isso,
deixe tudo com Ele.
Ele se sairá muito
melhor essa tarefa
do que você.

Olhe e comprove:
Salmo 50:15;
Salmo 118:6;
Mateus 6:31-32;
Lucas 12:25-26.

Por pior que seja
sua tribulação hoje,
não esqueça,
Deus se preocupa e
cuida de você.

TEXTO DE: Procura-se autor
Fineza nos informar através do e-mail:
mensagem@toninholima.com.br
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 03 de Maio de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Olhe Ao Redor


























Olhe para todos a seu
redor e veja o que temos
feito de nós.
Não temos amado,
acima de todas as coisas.
Não temos aceito
o que não entendemos
porque não queremos
passar por tolos.

Temos amontoado
coisas,
coisas e coisas,
mas não temos um
ao outro.
Não temos nenhuma
alegria que já não
esteja catalogada.
Temos construído
catedrais,
e ficado do lado
de fora,
pois as catedrais
que nós mesmos
construímos,
tememos que sejam
armadilhas.

Não nos
temos entregue a
nós mesmos,
pois isso
seria o começo de
uma vida larga e
nós a tememos.

Temos evitado cair
de joelhos diante do
primeiro de nós que
por amor diga:
tens medo.

Temos organizado associações
e clubes sorridentes onde
se serve com ou
sem soda.

Temos procurado
nos salvar, mas sem usar
a palavra salvação para não
nos envergonharmos
de ser inocentes.
Não temos usado
a palavra amor para não
termos de reconhecer sua
contextura de ódio,
de ciúme e de tantos
outros contraditórios.

Temos mantido em segredo
a nossa morte para tornar
nossa vida possível.
Muitos de nós fazem arte por
não saber como é a outra coisa.
Temos disfarçado
com falso amor a
nossa indiferença,
sabendo que nossa
indiferença é angústia
disfarçada.

Temos disfarçado com o
pequeno medo o grande
medo maior e por isso
nunca falamos o que
realmente importa.
Falar no que realmente
importa é considerado
uma gafe.

Não temos adorado por termos
a sensata mesquinhez de nos
lembrarmos a tempo dos
falsos deuses.
Não temos sido puros
e ingênuos para não
rirmos de nós mesmos
e para que no fim do
dia possamos dizer
"pelo menos não fui tolo"
e assim não ficarmos
perplexos antes de
apagar a luz.

Temos sorrido em
público do que não sorriríamos
quando ficássemos sozinhos.
Temos chamado de
fraqueza a nossa
candura.

Temo-nos temido um
ao outro,
acima de tudo.
E a tudo isso consideramos
 a vitória nossa de
cada dia.

TEXTO DE: Clarice Lispector
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 26 de Abril de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Tempo de reconhecer






















Não ao desespero sem fundamento,
aquele que vem da falta de
visão ou perspectiva.
Não ao desabamento dos
sonhos que ainda nem cresceram;
não aos que não insistem
e desistem na primeira barreira.

É preciso ter mais do que
um desejo para conquistar.
É preciso ter mais do que
olhos para enxergar além dos outros.

É preciso amar além do
amor banal e carnal,
para perdoar e seguir.
É preciso ter fé que
move montanhas para
fazer sua oração.

Por isso,
diante da dor que
parece não ter fim,
não se deixe abater,
mas viva o luto da perda,
chore a angústia do
não ter, mas se erga,
e diante dos incrédulos
que insistem em
te menosprezar,
mostre o sorriso de
quem já sabe que
vai vencer,
porque a duras penas,
você aprendeu a
sobreviver.
A fazer de cada erro
um aprendizado,
e já sabe se valorizar.

Você já sabe,
que para se levantar,
é preciso RECOMEÇAR!

Acerte o passo e caminhe.
Olhe para o céu e
não desanime.
Não ha barreiras que
a sua determinação
não possa vencer.

Hoje é o dia certo,
feito pra você crescer.

Que assim seja!

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 19 de Abril de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

sábado, 11 de abril de 2015

O trem parado


















O olhar parado sobre
o passado que não volta,
é como um trem abandonado
nos trilhos de uma
antiga ferrovia.
O tempo passa e o trem
não se mexe,
não se mexendo,
vai enferrujando,
enferrujando vai
sendo comido,
devorado pelos dias
que avançam.

Depois de algum tempo,
o trem já não serve nem
para sucata.
Assim somos nós quando
paramos em algum lugar
do passado.
Esperando o amor
que não volta,
o filho que partiu,
o ente querido
que morreu,
o amigo que
correu.

Vamos sendo carcomidos
por dentro e por fora,
as oportunidades vão
passando e a
gente morrendo lentamente.

Deveríamos ser
obrigados a arrastar
nosso trem,
ainda que alguns metros
por dia.
Como a Lei que
proíbe deixar carros
velhos nas ruas.

Não deveríamos jamais
viver nosso luto por
tanto tempo.
Saudade sempre,
luto eterno nunca!

Acordar para
a vida é mais do
que se oferecer uma
nova chance.
É valorizar o que
nos foi dado de mais
precioso: a nossa
existência.

Não se iluda,
nada é de graça.
Até o ficar parado
nos será cobrado.
Acorde e mova
o seu trem,

ainda que esteja um
pouco enferrujado.

Nada como a brisa
do dia para despertar
novas motivações,
e algo sopra no ar e
vem com o tempo e me diz:
você tem tudo
para ser FELIZ!

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 12 de Abril de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

quinta-feira, 26 de março de 2015

Velhas Roseiras





















Eu já tive milhares de
companheiros e colegas.

Dentre eles,
fiz centenas de bons
amigos.
Mas nem todas as
amizades duraram.

Algumas pareciam
sólidas como rochas,
mas não resistiram
aos tempos
e às circunstâncias.

Assim sobraram poucos
amigos de infância,
pouquíssimos amigos
de escola,
poucos amigos de
adolescência,
poucos amigos de
juventude.

E pensar que a gente
brincava todos os dias,
via-se todos os dias
e não saia da casa
um do outro...

De repente,
outros afetos,
outros amigos,
outros interesses,
outro tipo de vida,
longos anos
de distância e mil
preocupações
da vida
nos afastaram
totalmente.

Agora não sei onde
andam e os que vejo
aqui e acolá
são amigos de
"Bom dia"...

Mas nada acontece.
A gente se respeita
e se admira,
mas a amizade de
infância,
de juventude
não volta.
Mudaram eles ou
mudei eu?

Ou foi a vida que nos
mudou a todos?

Restam algumas
amizades fiéis que
resistem a tudo...

O que sei é que fiz
muitos amigos
e não conservei
aquelas amizades.

De bons amigos
que éramos,
somos hoje bons
conhecidos
que se saúdam de
passagem e se
respeitam.

Às vezes nem isso.
Crescemos e nossa
amizade ficou lá
no passado.
E eu digo a mim
mesmo:

"Feliz o homem
que sabe cultivar
sua roseira!

Talvez não seja
tarde...
Roseiras velhas
também produzem
rosas lindas e
viçosas.

Basta recultivá-las..."

TEXTO DE: Padre Zezinho
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 28 de Março de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

quinta-feira, 19 de março de 2015

Morre-se...






















Com o tempo as pessoas
vão morrendo.
A morte do corpo,
chega para todos em
algum momento da vida.
Todavia,
alguns em vida,
agregam outras mortes
que exalam odores duvidosos
e mata a existência num
piscar de olhos.

Morre-se
por causa do egoísmo.
Por exagero de pudor.
Pela bisbilhotice aguda
que lança mentiras.
Pelas preocupações
desnecessárias que
enruga a alma.
Pelas críticas ácidas
que não constroem
nada.

Morre-se pela avareza.
Pelo tédio.
Pela displicência.
Em meio a névoas das
paisagens,
morre-se pela cegueira
de não enxergá-las.
Morre-se
prematuramente pela
falta de encarar
a vida com simplicidade.

Morre-se por
falsas deduções.
Por exagero de ocupações.
Morre-se pelo tédio.
Pela falta de perdão.
Por abortar os sonhos
com a extrema realidade.
Pela falta de coragem
para o enfrentamento
das situações
adversas.

Morremos diariamente
pelo excesso de formalidade.
Por vivermos espremidos em
ideias e códigos
estúpidos. Pelo preconceito
que afasta todos os
outros e
subtrai a tolerância
e o respeito.

Pelos
incômodos adereços supérfluos que
nos faz pensar em superioridade.

Pela covardia silenciosa
que nos faz
abandonar o outro em
seu apocalipse
solitário.

Morre-se de autoflagelamento
pelas erros involuntários.
Afogado nas
lembranças sem
permitir seguir em
frente.

Pela desarmonia
interior.
Pelo imenso falatório
e a falta do exercício
de prática.
Morre-se por subtrair
afeto,
somar intrigas,
multiplicar dores.

Embora vivo,
morre o tolo,
o arrogante,
o impiedoso,
o fútil,
o preguiçoso,
o irado.

E nessa equação,
morre quem vive de tarja
preta para a vida,
sem necessariamente
precisar morrer
o corpo.

TEXTO DE: Ita Portugal
ARTE NA FIGURA: Nena Silva
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 22 de Março de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.
a 20 anos.

domingo, 15 de março de 2015

AÇÃO E RAZÃO




















"Fortes razões,
fazem fortes ações.
" [William Shakespeare]

Há quem reclame de tudo,
da comida que falta um ovo,
ou tem ovos demais,
da roupa,
que está curta ou
comprida demais.

Há quem se perca em
lamentações,
e se refugia em mil desculpas
para não fazer.

Não faz sequer a higiene
pessoal para sair,
e reclama por não ter encontrado
ninguém para amar.

Outros,
se escondem em seus refúgios,
quartos escuros,
e sonham, note bem,
apenas sonham com dias
melhores.

Tem gente que jura que
Deus a abandonou,
porque tudo o que faz dá errado,
mas na verdade, tudo o faz
é sem nenhum planejar.
Não se cansam de errar
os mesmos erros.

Não se aventuram mais para a
direita ou mais para a esquerda.
Fazem o mesmo arroz de anos,
e sonham com um belo risoto.

E é claro,
o milagre da transformação
não acontece assim...

Tudo pede ação,
mas antes é preciso ter
uma razão para lutar,
uma razão para seguir adiante.

Quem quer ser feliz,
precisa saber distinguir,
o que é a felicidade para
a sua alma.

Muitos sonham com o poder,
e quando o conquistam, choram.
Muitos desejam muito dinheiro,
e quando o tem, choram;
muitos esbanjam a saúde e
quando a perdem,
choram.

Não espere um anjo
despencar do céu com
normas de vida,
nem receitas mágicas
para ser feliz.

Antes, e com tal zelo,
se ocupe de sorrir e determinar
onde você quer chegar.

Só assim, com uma razão,
parta para a ação,
e vença,
unindo a força do trabalho
com a sua determinação.

Seja feliz!

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
*****
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 15 de Março de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 7 de março de 2015

Mulher, palavra única




















Como definir a palavra mulher
sem adjetivos extras?
Talvez seja próprio
falar em "fragilidade",
e talvez na lembrança
venha a doçura,
carinho,
nossa infância e seus
cuidados.

Mas,
mulher é força,
quando ganha o papel de
"trabalhadora",
é cuidadora e orientadora,
no papel de mãe,
é explosão amorosa como
aquela que sabe amar,
é educadora,
quando é nossa
professora.
É organizadora,
como perfeita dona
de casa,
é a que alimenta,
com as mãos cheias
de temperos,
é a que observa,
analisa e usa
o seu sexto sentido
para nos guiar.

Mulher,
mil palavras não
conseguem traduzir suas
múltiplas facetas,
E nós, admiradores,
filhos, amantes,
amigos e fãs,
nos perdemos em suas
múltiplas formas de
demonstrar o amor.

E se for mesmo necessário
traduzir mulher em uma
única palavra, fico entre o
fogo e o calor,
e por tanta ternura,
decido-me,
mulher é o símbolo
perfeito do AMOR.

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
ARTE NA FIGURA: Nena Silva
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 08 de Março de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

domingo, 1 de março de 2015

Julgamentos do mundo
























Em nenhuma situação,
se deixe levar
pela primeira impressão.
Há engano na beleza de
um perfil na Internet,
e desengano no encontro real
longe do mundo virtual.
Hoje pode ser o seu melhor dia,
e o seu sorriso encantar.
Mas, pode ser aquele dia pavoroso,
onde até o seu hálito
fica amargo e é de assustar.

Não se precipite em julgar
quem quer que seja.
Há sempre muitas explicações,
para quem vive as situações.
Quem está de fora não conhece
as suas dores e aflições,
e você também não sabe o que
eu carrego dentro de mim.

Por isso,
mantenha sobre o mundo
o olhar de quem espera.
De quem sabe que todos estamos
buscando a evolução.
Para uns chega logo,
por duras provas,
onde se testa a emoção.
Para outros,
alheios ao
mundo e aos seus apelos,
tudo vem lentamente,
inclusive o que se espera
dos mais vividos,
o tal do juízo.

A sociedade terá sempre o
olhar do agora sobre as pessoas.
Vai sempre perguntar o
que você tem,
quanto você tem.
Onde estudou, com quem andou,
o que comeu.

Para o mundo você pode
valer muito pouco,
quase nada e
sofrer muitas humilhações.
Mas, existe alguém,
que te admira pelo que você é,
e sabe o potencial que você
tem para ser e crescer.

Por isso,
não sofra pelo mundo que
quer te julgar,
eles não sabem onde você
vai chegar.
Antes,
aproxime-se Deus que
quer te exaltar.
E nessa confiança,
conquiste seu espaço,
sua paz.
O mundo te marca com
julgamento e dor,
Deus te cerca com
certeza e amor.

Quem poderá te barrar?

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
ARTE NA FIGURA: Nena Silva
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 01 de Março de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 21 de fevereiro de 2015

Os buracos não deixam de existir…


Se pensarmos na vida como 
um longo caminho, 
podemos fazer analogias 
interessantes, 
a começar pelos tão comentados 
obstáculos que temos de 
aprender a ultrapassar 
ao longo dos anos…

Uns maiores, outros menores, 
cada qual traz consigo 
seu nível de dificuldade, 
suas consequentes dores 
e seus preciosos aprendizados. 
Mas hoje quero falar, 
sobretudo, 
dos buracos. 
Alguns rasos, 
outros nem tanto. 

E existem 
também aqueles que, 
de tão profundos,
 quando caímos neles 
costumamos usar a expressão 
“cheguei ao fundo do poço!”.

É claro que ninguém gosta de 
cair em buracos. 
Por menores e mais rasos 
que sejam, 
no mínimo nos desestruturam 
e nos fazem perder o “rebolado”. 
Mas o fato é que eles 
fazem parte de todos os caminhos, 
de todas as pessoas, 
sem exceção, 
embora sejam sempre únicos.

O problema é quando 
alguém busca conhecimento,
 estuda e se sente tão crescido 
que passa a acreditar que isso é o 
suficiente para eliminar os 
buracos de seu caminho, 
para fazer com que eles 
simplesmente não existam mais. 
Iludido e enganado por si mesmo, 
ao se deparar com um, 
vai ter de lidar ainda com a decepção, 
a frustração e a sensação 
de que toda busca não 
valeu de nada!

Não caia nesta armadilha! 

Saiba de antemão que os 
buracos vão existir pra sempre. 
A diferença entre quem está 
consciente de si e de seu 
caminho e quem não está, 
é que o primeiro vai saber evitar o 
tombo desviando a tempo 
do buraco ou, 
pelo menos, levantar, 
sair dele e seguir em frente
 mais rapidamente e, 
tomara, 
menos machucado.

E tem mais: 
podemos perceber, 
com a repetição de nossas quedas, 
que muitos dos buracos de nossos 
caminhos são incrivelmente parecidos, 
justamente porque a função 
deles é nos ensinar a mais 
difícil de todas as lições.

Portanto, 
se sua lição mais 
difícil é aprender a ser 
menos teimoso, 
ou menos ansioso, 
ou menos inseguro, 
ou menos desconfiado, 
note bem: 
toda vez que você se 
distrai ou acelera o passo 
mais do que deveria, 
cai num buraco em que 
parece já ter caído inúmeras 
vezes antes.

Não é o mesmo! 
É outro! É novo! 

Ele se repete à frente para 
que você acorde e, 
a cada queda, 
consiga levantar com 
mais habilidade, 
e seguir em frente não 
reclamando e se lamentando 
por ter caído mais uma vez; 
não se criticando e se culpando 
por ter sido estúpido novamente. 

Não! 
Não há nenhuma 
estupidez na repetição 
do aprendizado,
 mas sim vivência, 
privilégio e sabedoria!

Assim, 
se você está agora no chão, 
se acabou de cair num 
buraco do seu caminho, 
não se sinta uma vítima e sim 
um escolhido pelo Universo 
para se tornar mais forte e 
mais preparado. 
Erga-se, mesmo doendo. 
Saia do buraco, 
mesmo chorando. 
E dê um passo à frente, 
e depois outro e outro, 
com a certeza de que pode 
ir bem mais longe…

Outros buracos virão. 
Novas cicatrizes ficarão 
cravadas em sua alma. 
E tudo isso será a prova 
de que você não veio como 
espectador e nem como 
coadjuvante de sua história. 
Você veio como protagonista 
e vai chegar até o fim com a 
dignidade de quem não apenas 
cumpriu o seu destino, 
mas o esculpiu com coragem, 
fé e atitude!

TEXTO DE: Rosana Braga
* * * * *
Texto enviado aos amigos do 
"Grupo Mensagem de Domingo" 
no dia 22 de Fevereiro de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

HÁ TEMPOS ...


























Há tempos em nossa vida
que contam de forma diferente.
Há semanas que duraram anos,
como há anos que não contaram um dia.
Há paixões que foram eternas,
como há amigos que passaram céleres,
apesar do calendário nos mostrar
que eles ficaram por anos
em nossas agendas.
Há amores não realizados que
deixaram olhares de meses,
e beijos não dados que até hoje
esperam o desfecho.

Há trabalhos que nos tomaram
décadas de nosso tempo na Terra,
mas que nossa memória insiste
em contá-los como semanas.
E há casamentos que,
ao olhar para trás,
mal preenchem os feriados
da folhinha.
Há tristezas que nos
paralisaram por meses,
mas, que hoje,
passados os dias difíceis,
mal guardamos lembrança de horas.
Há eventos que marcaram,
e que duram para sempre,
como o nascimento do filho,
a morte do pai, a viagem inesquecível,
um sonho realizado.
Estes têm a duração que nos ensina
o significado da palavra
"eternidade".

Já viajei para a mesma cidade
uma centena de vezes e,
na maioria das vezes,
o tempo transcorrido foi o mesmo.
Mas, conforme meu espírito,
houve viagem que não teve fim até hoje,
como há percurso que nem me
lembro de ter feito,
tão feliz eu estava na ocasião.

O relógio do coração
- hoje eu descubro -
bate noutra frequência daquele
que carrego no pulso.
Marca um tempo diferente,
de emoções que perduram e
que mostram o verdadeiro tempo da gente.
Por este relógio,
velhice é coisa de quem não
conseguiu esticar o tempo
que temos no mundo.
É olhar as rugas e não perceber
a maturidade.
É pensar antes naquilo que não foi feito,
ao invés de se alegrar e sorrir com
as lembranças da vida.

Pense nisso.

TEXTO DE: Alexandre Pelegi
* * * * *
Texto enviado aos amigos do
"Grupo Mensagem de Domingo"
no dia 15 de Fevereiro de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 7 de fevereiro de 2015

Desafie-se!





















Desafie-se!
Crie "possibilidades" na sua vida.
Se você é vítima da timidez,
suba num banquinho na praça,
leia uma poesia (ainda que de olhos fechados),
e não espere os aplausos,
apenas sorria de contentamento.

Se você sofre com alguma fobia,
experimente cutucá-la aos poucos.
Se o medo é de altura,
suba na cadeira de casa e feche os olhos,
imagine-se no Everest...
O sonho é livre, e é todo seu.

Se o pavor é lugares fechados,
se tranque nos braços de alguém,
e bem apertado diga:
- não deixe espaço meu bem!

Se você treme com medo de bichinhos,
sejam baratas, grilos ou borboletas,
eu te respeito e até aceito,
mas só para contrariar, pegue uma foto do bicho,
e coloque como alvo para brincar com dardos.
De tanto ver a foto, você é capaz de se acostumar,
e sentir o medo se esvaziar...

Fobias, medos, situações difíceis,
todos nós guardamos em nossos "cantinhos da alma",
um espaço escuro, um quartinho úmido,
"uma sexta-feira 13 cheia de gatos pretos",
que as vezes saem para nos assombrar.

Sabe qual é o melhor remédio?
ALEGRIA em tudo o que plantar.
ALEGRIA no caminhar e no falar.
Ser a própria certeza de que tudo vai passar.

Sorria, o" medo tem pavor da alegria",
e foge assustado com a risada espontânea,
remédio que age de forma instantânea,
e dura uma eternidade.
Porque o riso de hoje,
é aquilo que amanhã,
chamamos de felicidade.

Seja Feliz!

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto enviado aos amigos do 
"Grupo Mensagem de Domingo" 
no dia 08 de Fevereiro de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.